LEITORES DO BEM DE KARMA!

PARA SUA MEDITAÇÃO!

CURTIR BEM DE KARMA NO FACEBOOK!

FRASES DE MOTIVAÇÃO!

BEM DE KARMA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

AGUARDEMOS

"E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa".
Paulo (Hebreus, 6:15)

Em qualquer circunstância, espera com paciência.
*
Se alguém te ofendeu, espera.
*
Não tomes desforço a quem já carrega a infelicidade em si mesmo.
*
Se alguém te prejudicou, espera.

Não precisas vingar-te de quem já se encontra assinalado pela justiça.
*
Se sofres, espera.
*
A dor é sempre aviso santificante.
*
Se o obstáculo te visita, espera.
*
O embaraço de hoje, muita vez, é benefício amanhã.
*
A fonte, ajudando onde passa, espera pelo rio e atinge o oceano vasto.
*
A árvore, prestando incessantemente auxílio, espera pela flor e ganha a bênção do futo.
*
Todavia, a enxada que espera imóvel, adquire a ferrugem que a desgasta.
*
O poço que espera, guardando águas paradas, converte a si próprio em vaso de podridão.
*
Sejam, pois, quais forem as tuas dificuldades, espera, fazendo em favor dos outros o melhor que puderes, a fim de que a tua esperança se erga sublime, em luminosa realização.
AUTOR: Emmanuel - Chico Xavier

PRECEITOS DE SAÚDE

PRECEITOS DE SAÚDE

1 - Guarde o coração em paz à frente de todas as situações e de todas as coisas. Todos os patrimônios da vida pertencem a Deus.

2 - Apoie-se no dever rigorosamente cumprido. Não há equilíbrio físico sem harmonia espiritual.

3 - Cultive o hábito da oração. A prece é luz na defesa do corpo e da alma.

4 - Ocupe o seu tempo disponível com o trabalho proveitoso, sem esquecer o descanso 
imprescindível ao justo refazimento. A sugestão das trevas chega até nós pela hora vazia.

5 - Estude sempre. A renovação das idéias favorece a evolução do espírito.

6 - Evite a cólera. Enraivecer-se é animalizar-se caindo nas sombras de baixo nível.

7 - Fuja à maledicência. O tolo agitado atinge a quem o revolve.

8 - Sempre que possível, respire a longos haustos e não olvide o banho diário, ainda que ligeiro. O ar puro é precioso alimento e o banho revigora energias.

9 - Coma pouco. A criatura sensata come para viver, enquanto a criatura imprudente vive para comer.

10 - Use a paciência e o perdão infatigavelmente. Todos nós temos sido caridosamente tolerados pela Bondade Divina, milhões de vezes, e conservar o coração no vinagre da intolerância é provocar a própria queda na morte inútil.

AUTOR: Aulas da Vida. Psicografia de Francisco Cândido Xavier mensagem ditada pelo espírito André Luiz

CONFLITOS

Sociável, o ser humano se encontra equipado de instrumentos necessários à comunhão fraternal através dos seus relacionamentos. 

Todavia, herdeiro da agressividade que nele vigeu nos primórdios da evolução, prossegue com certa prepotência no instinto de conservação da vida, tornando-se, com frequência, hostil e violento.

Invariavelmente permanece armado em relação ao próximo, duvidando dos valores morais que servem de roteiro a todas as vidas, quando seria ideal encontrar-se aberto à afetividade para tornar-se amado.

Mesmo sendo gentil, toda vez quando se sente incompreendido, logo pensa que poderá ser exterminado, e, de imediato, dispõe-se a reagir, no processo inconsciente de eliminar aquele que se lhe apresenta como ameaça à sua existência.

Acreditando-se injustiçado, quando a agressão de que é vítima não procede, por faltarem os elementos que a poderiam justificar, tomba no revide conforme as circunstâncias e os recursos de que dispõe.

Utiliza-se, então, de acusações indébitas, de calúnias, mediante as quais procura punir o opositor, e crê estar atendendo ao dever da consciência saudável. Nos seus padrões de lucidez, acredita que a sua defesa é uma necessidade, permitindo-se a utilização de recursos procedentes ou não, como vingança ou, na sua visão distorcida, justiça reparadora.

Em decorrência, o conflito se lhe instala, porque lhe falta segurança íntima em torno dos próprios valores, liberando o medo que escamoteia com habilidade, desse modo compensando-se com as atitudes de agressividade. Em consequência, existem os pequenos e os grandes conflitos, que resultam do volume de pacientes que explodem ante as ocorrências para as quais não têm resistências morais a fim de enfrentá-las com serenidade.

Noutras circunstâncias, a depender do significado daquilo que considera como ofensa, passa às reações semelhantes que no outro censura, culminando em lutas corporais, crimes hediondos e guerras infelizes...

A ignorância das Divinas Leis que programam as existências humanas de acordo com as suas próprias ações, responde pela prepotência que facilmente comanda o comportamento social.

Transferindo-se de uma para outra existência no carreiro das reencarnações, o conflito domina a vida íntima, devorando, não poucas vezes, as aspirações da beleza, do progresso, das realizações dignificadoras da sociedade.

Todos indivíduos experimentam conflitos, sofrem situações conflitivas que os afligem. Fazem parte do processo evolutivo.

Desde o momento, porém, que se deem conta do transtorno na área emocional, procure-se enfrentá-lo com naturalidade e, de imediato, começam a diluir-se os fatores causais, vencendo-se a injunção momentânea.

Para que assim possam proceder, faz-se necessário ver o conflito com amor, entendê-lo na sua gênese, treinando paciência e confiança em Deus.

Jesus asseverou com propriedade: - No mundo somente tereis aflições; mas tendo bom ânimo, eu venci o mundo.

Portadora de profundo sentido é a Sua assertiva, por ensejar a reflexão de que a Terra é uma escola de aprendizagem transitória e a luta que se trava tem como objetivo a vitória sobre todas as paixões vis.

A maioria das criaturas humanas, no entanto, desde a infância é educada equivocadamente para vencer no mundo, isto é: triunfar no palco das apresentações competitivas, tornar-se destaque, fruir prazeres inexauríveis, desfrutar de todos os gozos. A imortalidade não encontra campo para desenvolver-se e a questão da vida após a morte é deixada à margem, como se a ocorrência pudesse ser evitada ou não existisse...

Quando algo não concorre para esse imediato desiderato, permite-se o conflito que se lhe assenhoreia e produz-lhe sofrimento.

Caso opte pelo trabalho de autorrealização, o que equivale a dizer: incessante labor para enfrentar as ocorrências menos agradáveis com certo grau de misericórdia, superar o egoísmo e considerar que as alegrias transitórias são necessárias, mas não as únicas manifestações que proporcionam plenitude, e estará vencendo o mundo.

Jesus experimentou a hostilidade gratuita e contínua de todos aqueles que se Lhe opunham, a perseguição sistemática, a zombaria e o desagrado, mas não se deixou afetar pela belicosidade dos Seus adversários, e por essa razão superou-os.

Levado ao sacrifício, manteve-se sereno e permitiu-se o holocausto, vencendo a hediondez dos conflitos coletivos que geraram os ódios e a violência contra Ele através da misericórdia e da compaixão.

Fez-se exemplo para todos que vieram depois e permanece como lição viva do não conflito.

Ante os conflitos que te aturdem e afligem, trabalha o ego e desenvolve o sentimento de amor, mantendo serenidade em todas as situações em que te encontres e perceberás que para vencer no mundo não faltam os contributos da traição, da violência e do desrespeito às leis. No entanto, para vencer o mundo e os seus conflitos, a presença de Jesus na mente e na emoção bastará para equacionar os desafios.

AUTOR: Joanna de Ângelis
Psicografia de Divaldo Pereira Franco, na reunião mediúnica de 15 de abril de 2015, no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia.

NO LAR

Não olvides que teu filho, sendo a materialização de teu sonho, é também tua obra na Terra.

Às vezes é um lírio que plantaste no tempo; contudo, na maioria das ocasiões, é um fragmento de mármore que deixaste à distância.

Flor que te pode encorajar ou pedra que te pode ferir.

Recebe-o, pois, como quem encontra a oportunidade mais santa de trabalho no mundo.

Não lhe abandones o espírito à liberdade absoluta, para que se não perca ao longo da estrada, e nem cometas a loucura de encarcerá-lo em teus pontos de vista, para que o teu exclusivismo não lhe desfigure as qualidades inatas para o infinito bem.

Ajuda-o, acima de tudo, a crescer para o ideal superior, assim como auxilias a árvore nascente, em ímpeto ascensional para a luz.

Livra-o das deformidades mentais, tanto quanto proteges o vegetal proveitoso contra a invasão da erva sufocante.

Ser pai é ser colaborador efetivo de Deus, na Criação.

Receber um filho é deter entre os homens o mais sagrado depósito.

Não desertes, assim, da abnegação em que deves empenhar todas as forças peculiares à própria vida, a fim de que o rebento de tuas aspirações humanas se faça legítimo sucessor dos teus mais íntimos anseios de elevação.

O lar, na Terra, ainda é o ponto de convergência do passado. Dentro dele, entre as quatro paredes que lhe constituem a expressão no espaço, recebemos todos os serviços que o tempo nos impõe, habilitando-nos ao título de cidadãos do mundo.

Exercitemos, desse modo, o amor e o serviço, a humildade e o devotamento, no templo familiar, à frente de nossos amigos ou adversários do pretérito transformados hoje em nossos parentes ou em nossos filhos, e estaremos alcançando nos problemas da eternidade a mais alta e a mais sublime equação.

AUTOR: Pelo Espírito Emmanuel - Do livro: Luz no Lar, Médium: Francisco Cândido Xavier

SOBRE A NOVA TERRA

Mensagem do Mestre Ascendido El Morya - Por Suzanne Lie PhD

Queridos Leitores,

Eu encontrei esta mensagem de El Morya que deve ter sido escrita há muitos anos atrás.
A informação faz muito mais sentido no mundo de hoje do que fazia na época.
A “verdade” é que não muda. Entretanto, a verdade é mais facilmente entendida por uma realidade à beira de retornar para uma expressão dimensionalmente superior.

NOVA TERRA

Muitos de nossos mestres terrenos estão sentindo a atração da Nova Terra, pois vocês, de fato, estão mudando para uma frequência de realidade que não é aderente a padrões de frequência tão baixa como a terceira dimensão. Os níveis mais altos da quinta dimensão criam padrões de energia contínuos, circulares e infinitos que expandem e transmutam.

Por outro lado, as frequências mais baixas da terceira e da quarta dimensão criam padrões de energia com interrupções progressivas conforme o campo de energia desce pela gama de frequências para a terceira dimensão.

Essas interrupções ocorrem porque as formas-pensamento de “tempo” da humanidade criam a ilusão de “espaço” entre as manifestações de luz. Na realidade, tempo e espaço são UM e somente são percebidos como duas dimensões diferentes pela sua consciência tri/tetradimensional.

É somente através das percepções de seu EU Multidimensional que vocês podem perceber essas “interrupções” como portais. A razão para essa discrepância é que sua consciência tridimensional procura fora do EU e na Matriz 3D encontrar a “realidade”.

Por outro lado, sua consciência multidimensional desperta procura encontrar a “realidade” no seu EU que está dentro do UM. Esses portais internos são passagens interdimensionais pelos quais sua consciência expandida pode viajar livre de todas as barreiras energéticas da Matriz tridimensional.

Vocês podem, e frequentemente o fazem, explorar esses portais com sua consciência enquanto seu vaso terreno físico está dormindo, meditando ou envolvido em uma ação criativa calma. Desta maneira, sua consciência superior pode experimentar vidas da viagem interdimensional, no que parece para seu vaso terreno tridimensional como um piscar de olhos.

Assim que vocês ficam cientes de que estão tendo uma experiência de realidades interdimensionais, vocês alcançam um limiar no seu processo de ascensão. Esse limiar representa sua dedicação ao processo de ascensão, pois vocês precisarão continuar o processo de abertura desses portais interiores enquanto no meio de sua vida diária.

Em outras palavras, vocês precisam aprender (que na verdade é lembrar) como viver em duas ou mais realidades de uma vez só. A experiência de múltiplas realidades começa com a “realidade principal” estando na Terra tridimensional.

Então, gradualmente, vocês ficam confusos sobre qual realidade é a sua “realidade principal” e qual é a realidade que vocês estão “apenas visitando”. Claro, se vocês não sabem em qual vida estão vocês estão operando na sua consciência tridimensional. Quando vocês estão fluindo em sua consciência multidimensional, a resposta para essa pergunta sempre é: EM TODAS ELAS.

Assim que vocês podem imaginar que realmente estão EM todas as realidades interdimensionais que estão visitando, o conceito de sua “vida principal” vai desaparecendo de seu conhecimento. É aí que vocês lembram totalmente que VOCÊS são consciência multidimensional explorando muitas realidades no AGORA do UM.

Os mundos mais baixos da terceira e da quarta dimensão são especialmente difíceis para visitar. Em primeiro lugar, essas realidades podem ou não ser agradáveis. Além disso, enquanto nos mundos mais baixos da terceira e da quarta dimensão, vocês podem esquecer que vocês são consciência pura.

Se vocês se esquecerem de que são consciência pura, vocês podem ficar presos na Matriz 3D. Felizmente, as frequências mais altas da luz multidimensional e do amor incondicional pelas quais agora a Terra está viajando estão entrando no seu Terceiro Olho e Coração Superior.

Consequentemente, todos os dias, mais e mais de vocês estão despertando para seu verdadeiro EU Multidimensional. Quando esta energia mais alta abre seu Terceiro Olho e Coração Superior, sua consciência multidimensional e o amor incondicional expandem imensamente seus poderes de percepção e manifestação.

A luz multidimensional assiste vocês na manutenção de uma forma em seus pensamentos que vocês encherão de amor incondicional para ligar as moléculas da vida à estrutura dessa forma/matriz. Vocês não precisam se preocupar sobre seus pensamentos de baixa frequência negativos entrarem nos mundos superiores, pois eles somente ressoam à terceira e à quarta dimensão.

Entretanto, as energias dimensionalmente superiores realçarão pensamentos, emoções e comportamentos que precisarão ser liberados para vocês passarem seu antigo vaso de carbono para seu verdadeiro Corpo de Luz.

Felizmente, vocês estão trabalhando em conjunto com Gaia que também está transmutando Suas energias para essa da quinta dimensão e acima. Portanto, quando vocês aterram sua consciência em Seu corpo planetário, ele calibra sua vibração a esse planeta em ascensão.

Além disso, quando vocês se fundem com Gaia, vocês sintonizam na massa crescente de pensamentos e emoções de todos os outros Mestres Ascendidos em uma forma de barro. Portanto, pelo seu ser físico, vocês estão se lembrando de perceber a vida diária através da perspectiva mais alta do seu EU Multidimensional.

Quanto mais vocês permitirem sua “imaginação” ver aquilo que está além da percepção da sua forma de barro, mais vocês ativarão suas capacidades multidimensionais. Confiem no que vocês estão experimentando e liberem a programação antiga de um mundo 3D controlado e assustado que lhes dizia que era loucura, errado, não científico ou blasfêmia perceber as realidades superiores.

Vocês estão mudando para a quinta dimensão agora, e todas as regras sob as quais vocês viviam enquanto em sua vida 3D estão extintas. Se agora vocês focalizarem em explorar e praticar suas capacidades expandidas e também permanecer em contato constante com seus guias e expressões do EU dimensionalmente superiores, seu processo de ascensão se tornará uma parte normal de sua vida diária.

Para encerrar, eu lhes peço que ouçam à voz interior acima de todas as outras e passem tudo pelo seu Coração Superior. Se a energia não parecer certa, não prossigam. Se parecer amor incondicional, entrem e aceitem essa energia.

Lembrem-se de que VOCÊS podem falar com qualquer um de nós das frequências mais altas de realidade. Apenas peçam nossa assistência e nós alegremente assistiremos e/ou instruiremos vocês.
Afinal, vocês são membros de nossa família que estão visitando uma frequência mais baixa de realidade.

Nós aguardamos seu retorno com os corações abertos. Claro, nós sabemos que estão retornando para cá, pois, de nossa realidade, vocês nunca saíram.

Bênçãos em seu retorno ao Lar,

El Morya

Direitos Autorais: AUTOR: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE

terça-feira, 29 de setembro de 2015

ILUSÕES DA VIDA E DA PERDA

A ilusão da Vida:

A vida é maravilhosa, ela só tem começo, não tem fim. O que chamamos de vida e morte em denominações humanas, podemos também dizer que o espírito entra e sai de cena.

Precisamos encarnar e desencarnar chamamos esta engrenagem de Reencarnação, que é uma Lei Natural, uma Lei Divina, não tem haver com religiões ou doutrinas e sim com a Criação Divina.

De forma lúdica podemos dizer que o ator principal é o “Espírito”, o personagem é o “Corpo”, o cenário é todo o “Planeta” e a vida é tudo que acontece ao nosso redor e principalmente internamente com cada ator.

Nosso personagem sempre terá um determinado tempo de atuação neste grande cenário, porém o ator nunca morre, pois ele é imortal e continua sua jornada na evolução Divina mesmo fora de cena. Ele sabe que mais ou menos tempo precisará de novas oportunidades para voltar atuar com novos personagens e se apresentar novamente no mesmo cenário.

Estamos seres humanos, porém somos espíritos.

A ilusão está em pensar que a vida é somente o que vemos com os olhos humanos.

A ilusão da Perda:

Como sentir que perdeu algo que nunca foi seu?

Tudo que é material é passageiro. O ser humano tem um determinado tempo de vida, assim como, todos os seres vivos que vivem em nosso planeta também tem seu tempo de vida material.

O próprio corpo que temos é “emprestado” pela Mãe Terra (Gaya) para o espírito seguir sua jornada de evolução, mas saber que o corpo é um veículo temporário de manifestação do espírito não significa ser irresponsável com ele, tudo é uma questão de consciência (lucidez). Toda ação gera uma reação.

Em uma visão mais ampla, quando falamos de pais, filhos, esposos (as), parentes, amigos e tantas outras coisas, nós estamos falando que todos eles “estão” como nossos pais, “estão” como nossos filhos, “estão” esposos (as), “estão” parentes, “estão” amigos e assim por diante.

Eles, elas e todas as coisas que existem nunca foram nossas, porém não significa que não possamos formar laços e ligações atemporais com elas quando essas relações são equilibradas.

Tudo e todos pertencem a “Algo Muito Maior”. Para nossa compreensão chamamos de DEUS e tudo acaba sendo um “empréstimo” sempre em forma de “presente”.

Mas quando chega a hora de dizer “até breve” levamos todas as experiências vividas, emoções, sentimentos, pensamentos que tivemos nesta vida, somado a centenas e centenas de outras encarnações já experimentadas. Para o espírito tudo que envolve emoções, sentimentos e a consciência são imortais, pois esses três pontos são as chaves para nossa evolução e uma compreensão maior para o que chamamos de vida.

Encarnados ou desencarnados sempre levaremos em nossas consciências imortais tudo o que experimentamos em nossas jornadas encarnatórias (Passadas, Atual e Futuras).

Isso sim “nunca se perde.”

Amor
Determinação
Confiança

AUTOR: Jefferson L. Orlando

O CAVALO E OS DIAMANTES

Um jovem recebeu do rei a tarefa de levar uma mensagem e alguns diamantes a um outro rei de uma terra distante. Recebeu também o melhor cavalo do reino para levá-lo na jornada. No dia viagem o soberano ao se despedir disse-lhe:
- Cuida do mais importante e cumprirás a missão!

Assim, o jovem preparou o seu alforje, escondeu a mensagem na bainha da calça e colocou as pedras numa bolsa de couro amarrada à cintura, sob as vestes. Pela manhã, bem cedo, sumiu no horizonte. E não pensava sequer em falhar.

Queria que todo o reino soubesse que era um nobre e valente rapaz, pronto para desposar a princesa. Aliás, esse era o seu sonho e parecia que a princesa correspondia às suas esperanças.

Para cumprir rapidamente sua tarefa, por vezes deixava a estrada e pegava atalhos que sacrificavam sua montaria. Assim, exigia o máximo do animal. Quando parava em uma estalagem, deixava o cavalo ao relento, não lhe aliviava da sela e nem da carga, tampouco se preocupava em dar-lhe de beber ou providenciar alguma ração.

Um dia alguém vendo os maus tratos do animal disse-lhe:
- Assim, meu jovem, acabarás perdendo o animal.

E ele respondeu:
- Não me importo, tenho dinheiro. Se este morrer, compro outro. Nenhuma falta fará

Com o passar dos dias e sob tamanho esforço, o pobre animal não suportando mais os maus tratos, caiu morto na estrada. O jovem simplesmente o amaldiçoou e seguiu o caminho a pé.

Acontece que nessa parte do país havia poucas fazendas e eram muito distantes umas das outras. Passadas algumas horas, ele se deu conta da falta que lhe fazia o animal. Estava exausto e sedento.

Já havia deixado pelo caminho toda a tralha, com exceção das pedras, pois lembrava da recomendação do rei:
- Cuide do mais importante!

Seu passo se tornou curto e lento. As paradas, freqüentes e longas. Como sabia que poderia cair a qualquer momento e temendo ser assaltado, escondeu as pedras no salto de sua bota. Mais tarde, caiu exausto no pé da estrada, onde ficou desacordado.

Para sua sorte, uma caravana de mercadores que seguia viagem para o seu reino, o encontrou e cuidou dele. Ao recobrar os sentidos,encontrou-se de volta em sua cidade.

Imediatamente foi ter com o rei para contar o que havia acontecido e com a maior desfaçatez, colocou toda a culpa do insucesso nas costas do cavalo "fraco e doente" que recebera e disse:
- Porém, majestade, conforme me recomendaste, "cuidar do mais importante", aqui estão as pedras que me confiaste. Devolvo-as a ti, não perdi uma sequer.

O rei as recebeu de suas mãos com tristeza e o despediu, mostrando completa frieza diante de seus argumentos. Abatido, o jovem deixou o palácio arrasado.

Em casa, ao tirar a roupa suja, encontrou na bainha da calça a mensagem do rei, que dizia:
"Ao meu irmão, rei da terra do Norte. O jovem que te envio é candidato a casar com minha filha. Esta jornada é uma prova. Dei a ele alguns diamantes e um bom cavalo. Recomendei que cuidasse do mais importante. Faz-me, portanto, este grande favor e verifique o estado do cavalo. Se o animal estiver forte e viçoso, saberei que o jovem aprecia a fidelidade e força de quem o auxilia na jornada. Se porém, perder o animal e apenas guardar as pedras,não será um bom marido nem rei, pois terá olhos apenas para o tesouro do reino e não dará importância à rainha nem àqueles que o servem".

Comparamos esta história com o ser humano que segue sua jornada na vida, tão preocupado com seu exterior, isto é, com os bens, que tudo guarda como se fosse ouro, esquecendo de alimentar sua alma e espírito com a alegria e o amor de Deus.

AUTOR DESCONHECIDO

LIGAÇÃO ESPIRITUAL ENTRE AS ALMAS

A ligação espiritual entre duas almas, ou dois espíritos, sejam encarnados ou desencarnados, frequentemente é um assunto que gera muitas dúvidas, curiosidade e interesse. Para aqueles que estudam a teoria da reencarnação e a existência das “famílias espirituais” este tema não é nenhuma novidade.

Quando levamos as pessoas a perceberem por si mesmas as suas vidas passadas, fica claro para a pessoa e para o terapeuta, como se dá o surgimento e o estreitamente dos laços que unem duas ou mais almas ao longo de diversas existências corpóreas.

Uma forte ligação espiritual entre duas almas vem de muitas vidas passadas em conjunto. A experiência conjunta de alegrias e tristezas, de prazer e dor, de construção e destruição, vida e morte, vai gerando nas almas sentimentos mais profundos, laços cada vez mais próximos, onde a história de um vai começando a se confundir com a história do outro.

Todo esse processo vai criando uma sintonia, com simpatias e antipatias, amor e ódio, prazer e dor, desejo e repulsa, entre outros sentimentos que aos poucos vão formando laços. Esses laços podem ser mais fortes tantas quantas forem as experiências agradáveis ou dolorosas vividas pela dupla evolutiva.

Essa conexão entre as almas pode se expressar em afinidades de pensamentos, sentimentos e crenças, ou podem gerar tendências quase que opostas, onde uma complementa a outra naquilo que ambos necessitam de uma unificação ou diversificação.

Toda essa conjuntura anímica pode criar laços tão fortes e significativos que se expressam vibratóriamente de várias formas. Não apenas despertando em nós uma variedade de sentimentos, por vezes confusos e contraditórios, como também uma afinidade profunda, uma sintonia que se manifesta como fenômeno paranormais, sendo o mais comum deles a telepatia.

Aqui devemos entender a telepatia em seus vários níveis. A telepatia não pode ser considerada apenas uma troca de pensamentos, ou de ideias. A telepatia é até mais comum quando ela passa a ser o veículo não apenas de pensamentos de um a outro, mas principalmente de sentimentos. Esse fenômeno ocorre muito mais em casais do que geralmente se imagina. Pode acontecer também entre pai e filho, irmão e irmã, etc.

Em nossos atendimentos terapêuticos, assim como nos casos que analisamos de pessoas que nos procuram para esclarecimentos, é possível encontrar relatos fascinantes dessa incrível sintonia entre as pessoas.

Talvez a forma de sintonia mais comum seja de pessoas que pensam ou lembram da outra num momento, e no instante seguinte aquela pessoa que veio à nossa mente nos telefona. A pessoa atende o telefone e diz: “estava pensando em você agora”.

Ou quando estamos na rua, caminhando, e subitamente lembramos de alguém. Alguns momentos depois encontramos a pessoa caminhando na rua e a cumprimentamos. Este fenômeno nada tem de raro, e acontece mais do que a maioria acredita. Trata-se de uma forma freqüente de telepatia entre pessoas, e se torna ainda mais constante com pessoas que já possuem uma sintonia natural, principalmente que vem de outras vidas.

Ocorre também de estarmos em nosso aposento, descansando, ou realizando alguma atividade, e de repente surgir um sentimento de tristeza, depressão, vazio, desânimo, etc. Pode aparecer também sensações físicas, como calor, frio, desconforto, formigamento, taquicardia, aperto no peito, etc.

O caráter repentino de um sentimento que brota sem explicação pode ter várias explicações, como sentimentos nossos que emergiram por alguma razão desconhecida, ou a intervenção de espíritos, ou ainda as energias do nosso ambiente imediato.

No entanto, também pode acontecer de algum conhecido, ou pessoa de nossa estima esteja com problemas, e passamos a sentir o que ela também está sentindo. Isso pode se agravar quando a pessoa está deprimida e fica focalizando o seu pensamento em nós.

Isso acontece por duas razões: em primeiro lugar, quando duas pessoas têm uma afinidade, uma ligação forte, seja positiva ou negativa. Em segundo lugar, porque um dos dois, ou ambos, possuem uma forte capacidade magnética ou uma considerável sensibilidade.

No entanto, mesmo quando não há uma forte sensibilidade psíquica ou magnética, quando dois indivíduos possuem laços kármicos de vidas passadas, parece que a energia de um está como que “aberta” a energia da outra pessoa, e assim sendo, a sintonia se estabelece juntamente com a troca de energias.

Um karma de vidas passadas pode tornar nossa energia vulnerável a energia outra pessoa, e o mesmo pode não acontecer com outras pessoas com as quais não possuímos um karma de vidas passadas. É como se o karma desse livre acesso as energias de ambos, podendo um e outro partilhar dos mesmos sentimentos, pensamentos e trocar energias.

Isso ocorre porque há uma forte ligação e também uma necessidade de ambos sintonizarem um com o outro,por isso ambos passam a se atrair para que possam viver experiências conjuntas, a fim de aprender e evoluir com elas.

Isso também é frequente em atendimentos terapêuticos com a terapia de vidas passadas. Um caso que ilustra bem esse fenômeno foi de um homem de meia idade que atendi.

Ele era apaixonado por uma moça casada, e queria ficar com ela. Eles tinham uma forte ligação, e ela também queria que ficassem juntos, mas ainda não tinha tomado coragem suficiente para largar um casamento de vários anos. Numa das regressões, tratamos uma vida passada onde eles conviveram juntos.

Ao final do tratamento dessa vida passada, resolvemos unir ambos no plano espiritual trazendo a presença dessa moça para dialogar com ele, e para que se desse o perdão e a reconciliação.

Eles se perdoaram e encerramos a regressão.

Na sessão seguinte, ele me contou que conversou com essa moça, de quem ele gostava, e no momento exato em que estávamos realizando a regressão, ela se sentiu “puxada” de seu corpo físico, teve várias sensações e emoções, sentiu energias espirituais positivas fluindo pelo seu corpo e teve uma visão desse homem, o paciente.

Tentei confirmar com ele o horário que ela havia tido essas sensações e visões, e ele disse que ela atestou que os horários batiam. Fizemos o atendimento às 19:30 mais ou menos e no mesmo dia, no mesmo horário, ela conseguiu sentir tudo o que nós fizemos e um contato espiritual com ele.

Perguntei se ele havia contado a ela sobre o dia e horário da terapia e ele afirmou que ela sequer sabia que ele estava fazendo uma terapia de regressão. Esse fato, assim como vários outros semelhantes que já presenciamos na terapia de vidas passadas, provam que existe uma ligação mais profunda entre duas pessoas e que transcende o tempo e o espaço.

Há alguns casos de pessoas que já conversaram comigo sobre isso que dizem coisas do tipo: “É incrível como eu sinto quando ele (ou ela) está bem ou mal” ou “Posso sentir quando ele está precisando de ajuda” ou ainda: “Sinto quando ele está em depressão, pois eu acabo captando o mesmo sentimento que emana dele e chega até mim”.

Relatos como esses são bastante comuns entre pessoas que se amam, que tem uma forte ligação espiritual, ou mesmo que tem algum tipo de karma positivo ou negativo de vidas passadas.

Certa vez nos chegou um relato em que essa ligação espiritual chegou a um certo extremo. Uma moça contou que, quando ela e o homem que ela ama estão distantes, ela não apenas sente o homem que ama, como algumas vezes sente seu toque fisicamente. Há um contato de sentimentos, mas também há um contato que chega a se expressar fisicamente.

Esse caso, obviamente, precisaria ser analisado com mais calma e profundidade, no entanto, pode se tratar de uma médium de ectoplasmia onde ela inconscientemente doa a substância ectoplasmática que permite a materialização do toque de outra pessoa sobre ela.

Casos parecidos com esses demonstram que a ligação entre as almas é algo muito forte, e frequentemente rompe as barreiras físicas e temporais. A conexão entre dois espíritos é algo que se mantém em várias vidas e que não se perde com morte, ou com o distanciamento espacial.

AUTOR: Hugo Lapa

VELÓRIO

Quando comparecemos a um velório cumprimos sagrado dever de solidariedade, oferecendo conforto à família. Infelizmente, tendemos a fazê-lo pela metade, com a presença física, ignorando o que poderíamos definir por compostura espiritual, a exprimir-se no respeito pelo ambiente e no empenho de ajudar o morto.

Superada a longa fase das carpideiras, em que obrigatoriamente a presença da morte era encarada como algo terrível e inspirar compulsórios sentimentos de dor, com a participação de lágrimas abundantes, fomos parar no extremo oposto em que, excetuados os familiares, os circunstantes parecem estar em oportuna reunião social, onde velhos amigos se reencontram, como o ensejo de "por a conversa em dia". Contam-se piadas, fala-se e futebol, política, sexo, modas... Ninguém se dá ao trabalho sequer de reduzir o volume da voz, numa zoeira incrível, principalmente ao aproximar-se o horário do sepultamento, quando o recinto acolhe maior número de pessoas.

O falecido é sempre lembrado, até com palavras elogiosas (em princípio todo morto é bom,) conforme velha tradição humana, mas fatalmente as reminiscências desembocam em aspectos negativos de seu comportamento, gerando chistes e fofocas.

Imaginemos a situação desconfortante do Espírito, ainda ligado ao corpo, mergulhado num oceano de vibrações heterogêneas, "contribuição" lamentável de pessoas que comparecem em nome da amizade, mas agem como indisciplinados espectadores a dificultar a tarefa de diligente equipe de socorro no esforço por retirar um ferido dos escombros de uma casa que desabou...

Preso à residência temporária transformada em ruína pela morte, o desencarnante, em estado de inconsciência, recebe o impacto dessas vibrações desrespeitosas e desajustantes que o atingem penosamente, particularmente as de caráter pessoal. Como se vivesse terrível pesadelo ele quer despertar, luta por readquirir o domínio do corpo, quedando-se angustiado e aflito.

Num velório concorrido, com expressivo acompanhamento ao túmulo, comenta-se:

"Que belo enterro! Quanta gente!"

No entanto, nem sempre que nos parece agradável é bom, principalmente quando confrontamos a realidade física com a espiritual. Quanto maior o número de pessoas, mais heterogêneas as conversas, mais carregado o ambiente, maior o impacto sobre o falecido.

Há algum tempo estive num hospital providenciando o sepultamento de um indigente. Acertada a documentação necessária, o morto partiu para o cemitério no carro fúnebre, sem nenhum acompanhamento. Eu próprio não pude fazê-lo em virtude de obrigações profissionais.

"Que tristeza! Velório vazio! Enterro solitário!"

Espiritualmente, melhor assim. Não havia ninguém para atrapalhar e os benfeitores espirituais puderam realizar mais tranquilamente sua tarefa, libertando o prisioneiro de acanhada prisão de carne para reconduzi-lo aos gloriosos horizontes espirituais.

AUTOR: Richard Simonetti

RESPONSABILIDADE PESSOAL - RODOLFO CALLIGARIS

Os povos cristãos vêm sendo instruídos, séculos pós séculos, que “nossos primeiros pais” haviam sido criados justos, inocentes e imortais, mas que, por haverem cedido à tentação demoníaca, desobedecendo a Deus, perderam o estado de graça, foram expulsos do éden, tornaram-se ignorantes, propensos ao mal, expostos a toda sorte de misérias e condenados a morrer.

Essa culpa, conquanto pessoal, não prejudicou apenas Adão e Eva. Transmitindo-se a todos os seus descendentes, por geração natural, danificou todo o gênero humano, que nascendo já estigmatizado pelo erro, jamais poderia salvar-se por si mesmo.

Deus, porém, apiedou-se dos homens e alguns milênios depois houve por bem enviar à Terra seu filho unigênito, Jesus-Cristo, para que pudesse oferecer-se como vítima expiatória e, assim, os libertasse da escravidão do demônio e do pecado, reconquistando-lhes o direito que tinham ao céu.

Em síntese, o que acima foi dito poderia ser resumido nestas duas proposições:

a) Adão e Eva pecam e a Humanidade é condenada.
b) Vem o Cristo, sofre o martírio da cruz e a Humanidade é salva.

Uma pergunta, então, se impõe:

Nesse jogo, qual o papel da Humanidade mesma, uma vez que tudo se realiza por substituição?

Temos, para nós, que a razão pela qual o Cristianismo não há produzido, até agora, tudo aquilo que de bom e de belo dele se deveria esperar, só pode ser atribuída a essa falsa ideia de que somos redimidos do pecado, graciosamente, “pelo sangue do cordeiro de Deus”.

Fosse isso verdadeiro, alcançassem os homens, realmente, a purificação por efeito da morte de Jesus, e o mal já devera ter desaparecido da face da Terra.

Não é tal, entretanto, o que se observa. A ambição, o orgulho, a vaidade, o roubo, a injustiça, o farisaísmo, a crueldade, os vícios e as paixões continuam a dominar grande parte das criaturas, impedindo seja estabelecido entre nós um clima de paz, de alegria e de fraternidade.

Enquanto supusermos que o “Cristo morreu por nós” e que “a efusão de seu sangue nos limpa de toda culpa”, sem empreendermos qualquer esforço sério no sentido de vencermos nossas fraquezas e imperfeições; enquanto não compreendermos, também, que o que Deus quer de nós não é “adoração”, mas trabalho de cada qual em benefício de todos, visando a eliminar A DOR pela AÇÃO, as coisas não se modificarão e o sofrimento continuará infelicitando indivíduos, famílias, comunidades e nações.

O Espiritismo, recusando fé à lenda da “queda do homem”, porquanto queda jamais houve, e sim evolução do homem das cavernas para o homem nômade e deste para o homem civilizado de nossos dias, o que torna insubsistentes as doutrinas da “expiação”, da “propiciação”, do “pecado original” etc., diz-nos, baseado nos ensinamentos do Evangelho, que “a cada um será dado segundo as suas obras” e que nossa felicidade, neste mundo ou no outro, depende da conquista da Virtude e da prática do Bem, ou seja, de nossos próprios méritos, erigindo, destarte, a responsabilidade pessoal em princípio fundamental de sua filosofia de vida.

Quando toda a Humanidade venha a pensar e a agir deste modo, então, certamente, a Terra se transformará no paraíso com que sonhamos.

AUTOR: (De “Páginas de Espiritismo Cristão”, de Rodolfo Calligaris)

A VERDADEIRA BELEZA

A Verdadeira Beleza

A beleza que tanto buscamos está no nosso interior.

Não há roupa, nem penteado que embeleze a falta de caráter.

Vivemos em um mundo preocupado com o exterior, onde para tudo tem que haver uma retribuição, até no amor, espera-se “recompensa”.

Nas brigas de casais, amigos ou familiares, quase sempre ouvimos queixas do tipo:

– depois de tudo o que eu te fiz!

Verdadeiras cobranças infundadas, cheias de mágoa e ressentimento, frutos das atitudes exteriores que praticamos.

Esperamos demais sem oferecer tanto assim.

Alma querida!

Antes que o sol se ponha novamente, aprenda:

– o que vale é o que vai dentro de você!

Faça tudo com serenidade, mantenha-se de bem com você.

Faça o seu melhor, não espere nada dos outros, você mesmo deve olhar para o que fez e sentir-se bem.

Ainda que venham críticas, desaforos, mal-agradecimentos, nada disso vai te afetar, porque você sabe que fez o melhor.

Vista a alma com bons pensamentos,
perfume-a com boas ações.

Penteie as emoções com o bem, seja uma pessoa linda no seu interior, e brilhe pelo encanto de refletir na sua face, a própria face de Deus.

Aquilo que somos é o nosso mundo!

*

AUTOR: Paulo Roberto Gaefke

'CUIDADO COM A MEMÓRIA DE SUA CASA'

O padrão vibratório de uma casa tem relação direta com a energia e o estado de espírito de seus moradores. Tudo o que pensamos e fazemos, as escolhas, os sentimentos, sejam bons ou ruins, são energias. O resultado reflete nos ambientes, pessoas e situações.

O corpo é nossa primeira morada e nossa casa, sua extensão. É ela que nos acolhe, protege e guarda nossa história. Da mesma forma que limpamos, nutrimos e cuidamos da vibração de nosso corpo, devemos estender esses cuidados e carinhos ao lar. Mais que escolher o imóvel e enfeitá-lo com móveis e objetos - muitas vezes guiados apenas por modismos ou pura praticidade -, a elaboração da atmosfera de um ambiente é importante porque reflete a personalidade de seu dono, dando pistas sobre seus gostos, estilo de vida, história e sonhos.

Há quem acredite que, colocando cristais, sinos de vento, fontes, espelhos, instrumentos do feng shui, é possível atrair bons fluídos e equilíbrio para dentro de casa. Mas, é muito pouco, pois a personalidade de um ambiente vai além. Ela é conseguida dia após dia, não apenas com técnicas, mas com pequenos atos de carinho e com muita energia boa.

Além de atrair bons fluídos para nosso lar, temos todas as condições de criá-los no interior do próprio ambiente. O conjunto de pensamentos, sentimentos, estado de espírito, condições físicas, anseios e intenções dos moradores fica impregnado no ambiente, criando o que se chama de egrégora.

Você, com certeza, já esteve em uma residência ou ambiente onde sentiu um profundo bem-estar e sensação de acolhimento, independe da beleza, luxo ou qualquer outro fator externo. Essa atmosfera gostosa, sem dúvida, era dada principalmente pelo estado de espírito positivo de seus moradores. Infelizmente, hoje em dia, é muito mais corriqueiro entrarmos em ambientes que nos oprimem ou nos dão a sensação de falta de paz e, às vezes, até de sujeira, mesmo que a casa esteja limpa. A vontade é ir embora rapidamente, ainda que sejamos bem tratados.

O que poucos sabem é que as paredes, objetos e a atmosfera da casa têm memória e registram as energias de todos os acontecimentos e do estado de espírito de seus moradores. Por isso, quando pensar na saúde energética de sua casa, tome a iniciativa básica e vital de impregnar sua atmosfera apenas com bons pensamentos e muita fé. Evite brigas e discussões desnecessárias. Observe seu tom de voz: nada de gritos e formas agressivas de expressão. Não bata portas e tente assumir gestos harmoniosos, cuidando de seus objetos e entes queridos com carinho.

Não pense mal dos outros. Pragas, nem pensar! Selecione muito bem as pessoas que vão frequentar sua casa. Festas, brindes e comemorações alegres são bem-vindas porque trazem alegria e muita energia, mas cuidado com os excessos. Nada de bebedeiras e muito menos uso de drogas, que atraem más energias.

Se você nutre uma mágoa profunda ou mesmo um ódio forte por alguém, procure ajuda para limpar essas energias densas de seu coração. Lembre-se que sua casa também pode estar contaminada.

Aprenda a fazer escolhas e determine o que quer para sua vida e ambiente onde mora. Alegria, amor, paz, prosperidade, saúde, amizades, beleza já estão bons para começar, não é mesmo?

Reflita sobre como você vive em sua casa, no que pensa, como anda seu humor e reclamações do seu dia-a-dia. Tudo isto interfere no seu astral.

AUTOR: Franco Guizzetti /"Rede Amigo Espírita"

ATUALIZAÇÃO DA ENERGIA NO EQUINÓCIO/GUIA PARA AS PODEROSAS ENERGIAS DESTA SEMANA

Mensagem de Selácia
As atualizações de energia estarão se tornando disponíveis neste Equinócio e ao longo dos próximos dias, enquanto nos dirigimos para o poderoso Eclipse Lunar do final de semana. O que isto significa para vocês a um nível pessoal – o que isto significa para a Terra? Neste artigo eu dou informações sobre os potenciais poderosos e positivos desta semana e como vocês podem se beneficiar.

Os Equinócios ocorrem naturalmente duas vezes por ano e podem ser um momento importante de crescimento e novos inícios. Aqueles que já estão no caminho do despertar irão senti-los mais – e também irão se beneficiar mais por causa da sua consciência e percepção.

Toda a humanidade, entretanto, certamente se beneficia destes ciclos – cada vez mais poderoso, enquanto o impulso se forma para mudar a escuridão para a luz. Este impulso esteve em andamento por um longo tempo neste planeta, mas agora, até mesmo pequenas mudanças podem significar imensas mudanças no status quo.

Neste Equinócio, os potenciais de energia são ampliados devido ao Eclipse Lunar da Lua Cheia de 27/28 de Setembro. É como se todos os três eventos fossem colocados juntos em um pote, criando uma poderosa sinergia. Isto, associado a uma série de outras energias de segundo plano, torna este Equinócio um evento especial.

MEGA MUDANÇAS NA CONSCIÊNCIA

Nossa segunda Super Lua está catalisando mega mudanças na consciência e os ajudando a se verem de maneiras totalmente novas. O contexto maior é que a humanidade está começando a ser ver de maneiras totalmente novas, também. Vocês já estiveram percebendo isto nos últimos meses.

O impulso para estas mudanças é geralmente sentido com bastante antecedência. É bem provável que vocês estiveram sentindo estas energias em expansão. Exemplos: seu sistema nervoso pode ter se sentido sobrecarregado, os sonhos podem ter sido intensos ou até proféticos e os relacionamentos podem ter sido mais desafiadores do que a norma.

Da mesma forma, vocês podem ter sentido uma emoção inexplicável, sentindo que algo bom estava a caminho. Podem estar conhecendo novas pessoas ou se reunindo com velhos amigos – encontrando uma nova sensação de entusiasmo por estarem vivos. Tudo faz parte destas energias.

Sempre que há uma grande mudança nas energias, é normal sentir primeiro os rumores e, talvez, entusiasmo. Ainda que vocês sintam que algo maravilhoso está prestes a acontecer, quando vocês não sabem exatamente o que, sua expectativa pode ser acoplada à tensão nervosa.

É um pouco como no mundo da natureza, quando os pássaros sentem que uma tempestade está chegando e eles mudam de direção para deixar passar a tempestade. Os pássaros não sabem quanto tempo irá durar a tempestade ou como isto poderia afetar o seu lugar favorito – eles simplesmente sabem, intuitivamente, como se afastar do caminho.

LUPA SOBRE OS DESEQUILÍBRIOS

Equinócios como este tendem a ampliar a lupa sempre presente sobre os desequilíbrios. Cada vez que outra injustiça ou atrocidade é revelada, vocês a sentem e podem sentir a magnitude dos dilemas da humanidade.

Pessoas ao seu redor – até mesmo aquelas que não estão conscientes em um caminho espiritual – estão sentindo isto, também. Elas podem não ter palavras para descrever o que elas sentem, entretanto, como muitas vezes sem perspectiva, estas energias ou parecem caóticas ou perturbadoras.

Sabendo disto, façam um esforço extra para serem gentis com os outros que encontrarem. Dêem às pessoas o benefício da dúvida – elas fazem parte da mistura cósmica, fazendo o melhor que podem para compreenderem o nosso mundo caótico.

Vocês sabem que ele está caótico e têm pelo menos alguma compreensão do por quê. Vocês compreendem a grande cena e a história que envolve viver agora. Vocês sabem que, muitas vezes, a vida parece confusa e fora de controle.

PAPEL DOS AGENTES DE MUDANÇAS

Em seu âmago, no entanto, vocês sabem que há um propósito para todas as coisas, para todos os eventos, e para todos os acontecimentos aparentemente misteriosos. Vocês sabem, também, que vocês, como criadores de mudanças divinos, desempenham um papel fundamental nestes momentos.

Seu Eu Superior, cutucando-os para que prestem atenção em momentos como estes, pode ajudá-los a se conectarem com novos níveis de informações e avanços.

CÓDIGOS DE ALTA FREQUÊNCIA

Na verdade, durante este Equinócio em particular, vocês e a humanidade se beneficiarão das transmissões energéticas dos códigos de alta frequência. Estes são como ativações de seu Projeto Divino e podem ter efeitos de longo alcance.

Para receberem da maneira mais elevada tais atualizações de energia, queiram estar conscientes delas. Ajudará também, vocês se unirem com outros em eventos de energia em grupo, como as meditações. Isto amplia o seu benefício ainda mais – ajudando-os com insights importantes sobre a sua jornada e também para receberem clareza sobre as etapas de ação mais apropriadas, após o final de semana.

A ação é necessária para trazer estas energias quânticas a sua realidade física.

FOCO NOS RELACIONAMENTOS

Um foco deste Eclipse se refere aos Relacionamentos. Se este tema já não está em seu radar, convidem um conhecimento de como vocês podem estar no relacionamento com outros, de uma maneira mais amorosa. A parte do relacionamento está sempre à frente e no centro.

Os relacionamentos são os maiores desafios que todos nós temos. A Humanidade deve dominar os relacionamentos para que o mundo seja um lugar de paz e de amor.

Vocês podem fazer a sua parte aprendendo a dominar a bondade – aplicando-a em si mesmos, nos outros e no mundo em geral. Uma maneira de fazer isto é lembrar-se do amor que está em sua essência – este amor é e sempre será quem vocês são.


Direitos Autorais 2013 *AUTOR: http://www.selacia.com
Você está convidado a compartilhar estas mensagens do Conselho dos 12 com outros, e colocá-los na Internet, na mídia social, em blogs e em sites. Por favor, inclua toda a mensagem, a fonte e o endereço do site. Que possam caminhar em um mundo cheio de amor e de bondade.
Traduzido por: Regina Drumond Chichorro

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

UNIÃO

Um homem que costumava participar assiduamente de determinado grupo, um dia se afastou sem deixar nenhum aviso.

Após algumas semanas, o líder do grupo decidiu visitá-lo. Era uma noite muito fria. Ele encontrou o homem em casa, sozinho, sentado diante de um grande fogo.

Supondo a razão para a visita, o homem lhe deu boas vindas. Depois o conduziu até uma grande cadeira, perto da lareira. E ficou quieto, esperando.

O líder não disse nada. No silêncio sério, contemplou a dança das chamas em torno da lenha ardente.

Após alguns minutos, o líder examinou as brasas. Cuidadosamente, apanhou uma brasa ardente e a deixou de lado.

Então voltou a se sentar e permaneceu silencioso e imóvel. O anfitrião prestou atenção a tudo, fascinado e quieto.

A chama da solitária brasa diminuiu. Houve um brilho momentâneo e seu fogo apagou de vez. Logo estava frio e morto.

Nenhuma palavra tinha sido dita, desde o cumprimento inicial. O líder, antes de se preparar para sair, recolheu a brasa fria e inoperante, e colocou-a de volta no meio do fogo.

Imediatamente, começou a incandescer uma vez mais, com a luz e o calor dos carvões ardentes, em torno dela.

Quando o líder alcançou a porta para partir, seu anfitrião lhe disse:

Obrigado por sua visita e pelo seu sermão. Voltarei ao convívio do grupo.
* * *

Uma pessoa sozinha pode realizar grandes coisas, mas um grupo de pessoas pode revolucionar o mundo.

Uma pessoa pode sanear sua rua, seu bairro. Um grupo unido pode modificar uma cidade inteira.

A mensagem do Cristo é de união. Porque união representa força.

Vinculados a um grupo de serviço, a uma crença religiosa, participemos, dando nossa contribuição ativa.

Somos semeadores do tempo melhor. Somos os pomicultores da Era Nova. A colheita que faremos em nome de Jesus nos caracterizará o trabalho.

Unamo-nos em torno do bem. Demo-nos as mãos e ajudemo-nos.

Esqueçamos opiniões contraditórias e avancemos na busca da aurora dos novos tempos.

Convidados à dinâmica do amor, sejamos os honrados continuadores da obra que o Mestre Jesus nos conclama.

Imprescindível que nos unamos como irmãos e que, afeiçoados a um grupo que labora em nome do amor, calemos disputas e divergências, pensando no bem maior.

O trabalho a que somos chamados, na qualidade de cristãos, é incessante, porque jamais terminaremos o serviço.

Servidores imperfeitos, vivamos o Cristo em nossas atitudes, não deixando que opiniões pessoais e pequenas divergências nos distanciem das tarefas abraçadas e dos irmãos que conosco vibram, no mesmo ideal.
* * *

Quando as clarinadas de um novo dia em luz nos anunciam os chegados tempos do Senhor; quando uma era de paz prepara a nova Humanidade, somos convidados à responsabilidade maior de amar e servir.

Jesus é mais do que um símbolo. É uma realidade em nossa existência.

Não é apenas um ser que transitou da manjedoura à cruz, mas o exemplo, cuja vida se transformou num evangelho de realizações, chamando por nós.

Aprofundemos o pensamento nesse Evangelho de luz, a fim de viver Jesus em toda a plenitude.

AUTOR: Momento Espírita

ORAÇÃO PELA HUMANIDADE - LUZ E PAZ

Senhor:
Derrame Sua Luz sobre os homens
Abençoa os corações desiludidos
As almas mutiladas
Os que não acreditam
Os que perderam a fé.
Estende Tuas mãos sobre aqueles
Que perderam a ilusão de viver
Que não têm lágrimas mais pelo sofrer
Que não têm nada mais a perder.
Olhai pelas crianças inocentes
Pelos meninos de rua tão carentes
De amor, de lar, de pão.
Despertai nos adultos a piedade
Pelo irmão que sofre a necessidade
De dignidade pela falta de trabalho
De um salário, de saúde, de educação.
Fazei com que as nações desenvolvam o respeito
Entre nacionalidades diferentes no carnal,
Pois somos todos irmãos de um mesmo Pai
E como tal devemos nos amar.
Espalhe Paz sobre este mundo tão sofrido
Às nossas almas tão carentes de Luz
E que o perdão seja o foco principal
Nos caminhos das reencarnações.
E, por final, Senhor, eu te agradeço
Pelas flores que colhemos
Pelas lágrimas que choramos
Pelas dores que nos fizeram crescer.
Fazei com que os meus amigos todos
Neste momento sintam Tua presença
Acariciando e embalando nosso espírito
Na figura sublime dos Teus Anjos.
Giustina

AUTOR: RECANTO DAS LETRAS-GIUSTINA
Giustina uma guerreira de luz que tem como arma o amor e como escudo a fé, cliquem e conheçam esta cronista e poetisa que antes de tudo é um ser humano extraordinário.

'TRANSIÇÃO PLANETÁRIA...TRANSIÇÃO PESSOAL'

Como as pessoas estão passando pelo processo de despertar de Consciência?

Emoções mais intensas e dias difíceis são efeitos do processo de Despertar da Consciência | Como passar pelo processo de transição planetária?
Artigo escrito por Jim Malloy - traduzido e adaptado por Carlos Harmitte

A vida parece estar ficando cada vez mais desafiadora?
Suas emoções estão mais intensas ultimamente?
Não parece que há mais pensamentos passando pela sua mente?
Você já percebeu que o seu corpo tem ficado mais tenso sem motivo algum?
Você tem sentido uma vaga – ou não tão vaga – sensação de ansiedade?
Tem sido difícil ter uma boa noite de sono?
Você parece estar se obrigando a se manter sempre ocupado?
Você tem sentido uma misteriosa sensação de urgência?
Você tem tido menos paciência? Você se encontra mais obcecado pelas coisas?
Tem o seu humor mudado rapidamente do otimismo para o desencorajamento, do prazer para a dor?
Será que está sendo mais difícil aproveitar a vida do que antes?
O QUE SIGNIFICA ESTAR VIVENDO ESSAS COISAS?

Se você está experimentando alguma – ou todas – essas coisas, anime-se. Acredite ou não, é um sinal que algo muito positivo está acontecendo com você, e com o planeta.
Esses sintomas são (na maioria dos casos) um “subproduto” de um extraordinário despertar espiritual – ou mudança de consciência que o planeta Terra e a humanidade estão atualmente passando.
Este despertar foi profetizado há muito tempo e tem sido chamado de “A Grande Mudança”, ” A Ascensão Planetária”, “O Salto Evolutivo” e, mais recentemente, “Despertar de Consciência”.
PARA ONDE ESTA MUDANÇA ESTÁ NOS LEVANDO?

A essência desse processo é que nós estamos mudando do nosso atual estado limitado para uma maior vibração enível de consciência – um estado mais evoluído espiritualmente, livre dos muitos problemas individuais e coletivos da nossa presente existência.

Estamos evoluindo para além de um estado de medo, violência, conflito e luta pela sobrevivência. Estamos crescendo para um estado mais iluminado de ser, o qual será caracterizado pela unidade, paz, cooperação, compaixão, harmonia e libertação de muitas das nossas atuais limitações.

O simples fato de você estar reagindo contrariamente a essa ideia já é um sinal de que está envolvido nessa onda de despertar. Faz parte do processo negar, resistir e até ridicularizar tudo isso, pois tais sentimentos são limitações espirituais que necessitam ser expressas para serem superadas.

Artigo relacionado: Revelando e assumindo sua sombra: um caminho para a cura emocional
Essa transição tem sido catalisada pelo aumento da Luz derramando-se na atmosfera da Terra. Esta luz é a força por trás de toda a evolução ao longo do Universo… o processo de todas as criaturas desenvolvendo seu total potencial divino e escalando a escada da consciência. Atualmente estamos experimentando uma transição longa e por vezes penosa para esse estado superior…uma fase semelhante às dores do parto.

Essa transição começou nos anos 1960, e vem gradualmente subindo na escala de intensidade desde então, com alguns poucos saltos lançados em boa medida…

Por exemplo, durante um incomum alinhamento de planetas em Maio de 1981, esta luz evolucionária nos empurrou alguns degraus acima. Então um novo empurrão nos colocou ainda mais acima na espiral evolutiva, no que foi chamada de “Convergência Harmônica” em agosto de 1987.

QUANDO ESTA TRANSIÇÃO IRÁ CULMINAR?

Primeiro, deve-se notar que a mudança de consciência é um processo semelhante ao processo de crescimento – e pode ser que não haja um determinado ponto no tempo onde ele subitamente se complete.

Muitos ensinamentos previram que o final do ano de 2012 seria quando a mudança atingiria o seu ponto culminante, parecido com o que a ciência chama de “massa crítica”. Massa crítica é o que ocorre quando suficientes partes de um todo atingem um certo nível, iniciando uma reação em cadeia na qual automaticamente as demais partes são levadas também ao mesmo nível.

Por exemplo, quando você aquece a água, há um ponto no qual tantas moléculas atingem a temperatura de fervura que as demais moléculas são elevadas automaticamente à temperatura de fervura e toda a água entra em ebulição.

Hipoteticamente, quando um número suficiente de indivíduos atingem um certo nível de consciência, uma reação em cadeia ocorre, trazendo o restante da humanidade para esse patamar de consciência.
Muitas das previsões feitas para 2012 podem ser rastreadas até o fim do Calendário Maia, o qual é medido em vastos ciclos, baseados na posição da Terra dentro da nossa galáxia e seu movimento através do cosmos.

Não é minha pretensão conhecer a fundo essa linha temporal. Eu posso apenas falar do processo que tenho experimentado e observado ao longo das últimas décadas.

Quando este artigo foi originalmente escrito, esta luz evolutiva estava vindo em ondas ocasionais.Cada vez que uma dessas ondas de luz se derramou em nossa atmosfera, a vibração do planeta se elevou para uma frequência um pouco maior.

O intervalo entre uma onda e outra nos deu tempo para nos aclimatar à elevação de vibração e consciência.

Desde então, a frequência e força dessas ondas de luz tem se acelerado grandemente. Atualmente, os efeitos são considerados mais intensos, e temos tido menores intervalos entre cada onda para tomarmos um fôlego e nos ajustarmos.

Dada a velocidade com que a frequência e intensidade tem aumentado, é concebível que um ponto e virada poderia ser atingido a qualquer momento, no atual tempo previsto de mudanças.

É interessante perceber a efervescência das notícias ultimamente. Praticamente todas as áreas da vida humana vêm sofrendo mudanças drásticas, profundas e repentinas. O que sugere que já estamos vivendo esse ponto de virada.

Política, economia, relações internacionais, comportamento, movimentos sociais…Tudo! É como se a cada dia surgissem novas oportunidades de criar um mundo novo ao mesmo tempo em que vemos as forças do velho mundo também tentando se fortalecer e segurar suas posições.

É um jogo de forças entre a dualidade e nós estamos bem no meio dele. Eu e você!
QUAL O EFEITO DESSA ENERGIA EVOLUTIVA SOBRE NÓS INDIVIDUALMENTE?

Como nossa vibração e consciência estão sendo elevados a níveis cada vez mais altos, nós estamos continuamente sendo desafiados a abandonar nossa velha e limitada forma de ser.

Nós humanos temos a tendência instintiva de nos manter no que nos é familiar, e resistimos nos mover para o desconhecido, não confiando que a mudança pode nos levar a um lugar de liberdade e alegria.

Desenvolver-nos para além do nosso velho nível de consciência requer que abandonemos nossa baixa carga vibracional, nossas crenças limitantes, nosso medos e nossas toxinas físicas e emocionais.
Como parte desse processo de limpeza, nossa carga de limitações tende a ficar extremamente amplificada, de modo que devemos finalmente lidar com ela antes de nos despedir do velho modo de ser.

Quando isso acontece, você não precisa se esforçar muito para encontrar as limitações…elas estão bem na sua cara.

E caso você se queixe de estar se esforçando para encontrar suas limitações e elas não dão a cara, isso significa que você está resistindo ao processo, sentando em cima do rabo e fingindo que não o vê, para ganhar tempo ou não ter de lidar com suas limitações, pois está extremamente apegado a sua velha e cristalizada forma de ser.

Este mesmo processo pode ser observado ocorrendo num nível global. Muitos dos eventos que estão ocorrendo no cenário mundial são uma limpeza das toxinas coletivas da humanidade, e um trazer de luz para a “sombra” coletiva da humanidade.

Para muitos indivíduos, esse processo de despertar de consciência tem provocado algumas das dificuldade mencionadas no início deste artigo…emoções ampliadas, tensão física, aumento da atividade mental, etc.

A maioria das “desordens” que muitos tem atualmente experimentado são devidas, em parte, a esta energia intensificada. Isso inclui: ansiedade generalizada, déficit de atenção, transtorno obsessivo compulsivo, síndrome do pânico e depressão.

Devido tudo estar sendo amplificado – especialmente nossas emoções – condições que se manifestavam anteriormente como problemas menores, estão agora se tornando desordens de maior nível. (Deve-se levar em conta que há múltiplos fatores envolvidos no aparecimento dessas desordens, e eu não estou sugerindo que um indivíduo que esteja sofrendo de alguma delas deva simplesmente aceitar isso como parte do processo de despertar).

Felizmente, nem todos os efeitos deste processo são problemáticos. Muitas pessoas têm experimentado uma série de mudanças positivas, juntamente com os desafios. Isso inclui: aumento na capacidade intuitiva; sentimentos de coração aberto e compaixão; alto grau de apoio e orientação do divino; sensação abençoada e de bem-aventurança em suas meditações; descoberta de novas habilidades criativas; recebimento de novos insights e ganho de um profundo autoconhecimento; experiências de coincidências cósmicas, ou “sincronicidades”; e profunda conexão com o espírito e com a vida planetária.

Se o que você está lendo aqui corresponde com sua atual experiência de vida, você deve estar se perguntando, “Por que eu tenho de aturar toda essa loucura só porque eu estou aqui neste momento?”. Pelo contrário, você não está aqui neste extraordinário momento por acidente, você voluntariamente quis estar aqui para participar deste grande despertar de consciência.

Nós estamos todos juntos neste barco, seguindo rapidamente pelas corredeiras de energia evolutiva. Como, então, você pode lidar com essa carona selvagem? A seguir damos algumas dicas extremamente úteis:

1. Medite diariamente. Meditação diária é ideal para relaxar e permitir que as intensas energias cósmicas fluam através de você, em vez de resistir a ela…para facilitar o processo de elevação da sua vibração e consciência e para deixar ir a sua bagagem limitadora.

2. Fique centrado. Enquanto você estiver atravessando pelo seu dia, tente se lembrar com a maior frequência possível de retornar sua atenção para o seu pacífico centro interior que costuma atingir durante suas meditações. Um meio efetivo de fazer isso é simplesmente prestar atenção a sua respiração – por alguns momentos quando você estiver estressado ou entre suas tarefas.

Lembre-se que ficar centrado é um meio efetivo de reduzir o estresse, bem como uma boa maneira de começar a viver numa vibração mais elevada. Atualmente nós estamos sendo submetidos a poderosas correntes de energia que nos puxam para cima e para baixo. Ficar focado no seu centro sempre que possível o ajuda a estar alinhado com a força para cima.

3. Aprenda a confiar na orientação e ajuda superior. Há muito apoio disponível dos reinos invisíveis para nos ajudar a atravessar essa difícil transição.

4. Consuma vitamina B

5. Tente se lembrar que estes são tempos extraordinários. Nossa velha definição de normal – e comportamento normal – não se aplica mais. Tudo está amplificado, incluindo nossos caprichos e medos, então você deve considerar dar a si mesmo e aos outros uma colher de chá.

Aqui está uma citação de Choquash – um nativo americano contador de histórias – a qual captura a essência de tudo que foi dito…

“Os anciãos têm me enviado para dizer-lhes que agora é como um rio correndo, e isso será vivido de muitas diferentes maneiras. Há aqueles que procuram se segurar na margem…não há margem alguma. A margem desmoronou. Vá para o meio do rio, mantenha sua cabeça acima d’água, olhe ao seu redor para ver quem mais está dentro do rio com você, e comemore"

AUTOR: Semente Nativa

CALMA NO MEU ESPÍRITO

CALMA NO MEU ESPÍRITO - por Leo D’Ippolito

Deus, mantém a calma no meu espírito. Conserva-me em tranquilidade, ainda que, procurando fazer da melhor forma, tenha chegado em atraso ou realizado com defeitos. Espero permanecer sereno, mesmo que esteja em ambiente hostil.

Põe em mim, Deus, inclusive na hora mais dura, a paz, a ponderação e o equilíbrio; que eu esteja sempre ciente de que o agora, seja qual for, será passado daqui a pouco. Que eu seja como a criança que não sente aflição, mesmo estando em um navio em perigo, porque confia no pai que comanda a embarcação.

Que a minha fé seja sólida, preservando o meu íntimo de abalos e me fazendo olhar para as coisas maiores. Que a Luz universal seja a fiadora da minha jornada, e que o Amor seja o meu estado de consciência.

AUTOR: Blog Melhor Consciência

domingo, 27 de setembro de 2015

EM NAZARÉ NÃO O RECEBERAM...

Ao tempo de Jesus, Nazaré era uma aldeia muito modesta com uma população reduzida entre cento e cinquenta a cento e oitenta pessoas, distante seis quilômetros de Séforis, a nova capital da Galileia, aproximadamente cinquenta e dois quilômetros de Cafarnaum, onde passaria a residir por algum tempo.

Embora Ele houvesse vivido ali por quase trinta anos, fosse conhecido e seguisse a tradição nazireia, resultado da sua educação doméstica, quando foi anunciado o Seu retorno, os adversários anteciparam-nO e mediante a urdidura das intrigas, da inveja e do despeito geraram embaraços e dificultaram-Lhe o ministério.

A intriga é veneno destilado pelas almas doentes incapazes de acompanhar a glória de outrem sem a presença da inveja e do despeito.

Ele era puro e isso não se fazia aceito por aqueles que ainda se encontravam nas agruras das imperfeições.

Era manso e a ferocidade dos mais primitivos levantava-se para provocá-lO embora não encontrasse resposta equivalente.

Ele era nobre como a Vida e os atormentados que a perturbavam não aceitavam a Sua superioridade.

Em torno dos Seus passos a indiferença pelo próximo e o esquecimento da fraternidade constituíam comportamento normal, porque os infelizes eram invisíveis, quando não criavam situações embaraçosas para os cômodos.

Mas ainda hoje é mais ou menos assim…

Quando Ele chegou com os Seus discípulos, após uma jornada fatigante, a agressividade local era generalizada, demonstrando quanto ressentimento havia na pequena e hostil população.

Havia inverno nos corações, enquanto a primavera estuava em a Natureza.

Sopravam ventos brandos, levemente perfumados, acariciando as almas em turbilhão.

Uns chamavam-nO discípulo de Belzebu para poder realizar o que diziam que Ele era capaz de fazer. Outros acusavam-nO de feitiçaria, diversos gritavam que Ele era mistificador que ludibriava o povo ignorante e supersticioso…

Os discípulos foram igualmente agredidos verbalmente e não foram poucas as discussões que, por pouco não culminaram em pugilato.

Os mais jovens ficaram furiosos e enfrentaram a ironia e a crítica ácida, defendendo o Amigo.

Os mais experientes não ocultavam o desencanto, ainda mais diante da serenidade do Rabi, que permanecia inalterado.

O Reino dos Céus não é imposto pela força. – Disse Ele, mansamente, como se nada de mal estivesse acontecendo.

E porque a situação se houvesse tornado grave, a fim de evitar alguma pugna muito do agrado dos desordeiros, Ele convidou os amigos, sem qualquer ressentimento, a retomar a Cafarnaum…
*

Os Seus não O receberam, não O mereciam.

A flor delicada da verdade necessita da haste vigorosa para continuar exalando perfume e transformar-se em fruto abençoado.

Os narizeus estavam tentando ferir a árvore frondosa da Verdade, a fim de que não houvesse flor nem frutescência.

Na saída de Nazaré convulsionada pela insensatez dos Seus inimigos, houve o enfrentamento com a Treva.

Nazaré, como a maioria das cidades, tinha os seus réprobos: aqueles que haviam sido expulsos doLivro da Vida, portadores de lepra, de obsessão, de cegueira, das mazelas da alma pela prostituição, alcoolismo, misérias morais…

Tornara-se célebre um endemoniado agressivo que, normalmente era expulso da pequenina urbe sob pedradas de crianças e de adultos, e sempre retornava.

Relativamente jovem fora acometido de loucura, agredindo os pais e familiares, todos quantos se lhe acercavam, sendo surrado muitas vezes até a exaustão e jogado nos monturos…

Passado algum tempo, ei-lo de retorno, furioso e alucinado.

Vendo Jesus e os Seus a regular distância, pôs-se a blasfemar e a inquirir:

Jesus de Nazaré, por que me persegues? Que queres de mim?

Suavemente compadecido enquanto o tresvariado se agitava, Ele indagou tocado pela misericórdia:

Quem és tu?

A voz roufenha e a baba abundante na boca, respondeu:

Sou Satanás que domino este homem e o martirizo.

Com dúlcida e enérgica melodia nos lábios, o Senhor respondeu:

Satanás, em nome de meu Pai, eu te ordeno: sai dele, deixa-o.

A voz, portadora de uma tonalidade especial, sem qualquer laivo de brutalidade, produzindo um especial efeito no infeliz desencarnado, agitou o enfermo, fê-lo convulsionar e deixou-o, tombando-o no solo, como se estivesse numa crise epiléptica.

Apesar de acostumados com os sublimes fenômenos produzidos pelo Mestre, os Seus discípulos, a princípio alarmados, foram tomados de jubilosa surpresa.

E quando o Senhor auxiliou o paciente a levantar-se perfeitamente recuperado, disse-lhe:

Vai e apresenta-te a todos, a fim de que eles saibam o que pode fazer Aquele que vem em nome de Deus.

O recuperado sacudiu a poeira da roupa e avançou na direção da praça, onde se amotinavam o povo e alguns fariseus, que o vendo, ficaram estremunhados e agressivos.

Alguém gritou com voz estentórea:

Quem está de volta!

Com muita calma, o ex-alienado respondeu:

Sim, sou eu!

Continuas louco, desgraçado, ou alguém te curou?

Sem ressentimento e com alegria ripostou:

O Mestre recuperou-me…

Não terminou a frase e as gargalhadas de mofa abafaram-lhe a voz em gritaria infrene, com ameaças de apedrejamento.

Foi então que o recuperado bradou mais forte:

Jesus salvou-me! Estou curado.

Seus olhos brilhantes e a sua serenidade impactaram os delinquentes

que foram dominados por peculiar estupor.

Um fariseu soberbo e mendaz acercou-se-lhe com empáfia e olhando-o com aparente serenidade, inquiriu-o:

Tu dizes que Jesus te curou? Mas Ele é servo de Belzebu.

Ao que o recém-curado esclareceu com lógica irretorquível:

Se Ele me curou por Belzebu, por que vós, jamais curastes alguém? Que me importa em nome de quem Ele me recuperou. O que posso afirmar é que eu tinha um demônio que me dominava e Ele me libertou. É, portanto, melhor e mais poderoso do que vós.

E saiu cantando louvores, seguindo o Mestre.

Nunca faltarão inimigos para a Verdade.

Mesquinhos e ignorantes eles sempre se opõem ao amor, mas acima deles e de suas misérias encontra-se a inefável misericórdia de Jesus a todos e a eles também socorrendo.

Nazaré não O recebeu, porque ninguém é profeta na sua terra.

Nazaré se arrependeu na sucessão dos séculos…

Amélia Rodrigues.
Psicografia de Divaldo Pereira Franco, na sessão mediúnica de 15 de junho de 2015,
no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia.
AUTOR: Mundo Espírita

LANTO – O BEIJO ALQUÍMICO

O Beijo Alquímico. Mestre Lanto

É importante nos atrevermos 

a encerrar as velhas cicatrizes, 

elas são a chave do coração e 

o coração nasceu para coisas

mais importantes do que o passado...

Somente um coração em harmonia e paz

pode amar: a maior experiência 

e desafio do nosso planeta.
Elsa

Mensagem do Mestre Lanto
Por Elsa Farrus
Em 27 de setembro de 2015

Nestas próximas horas encerra-se um ciclo que se iniciou no mês de junho de 2002 com um eclipse solar. A porta deste eclipse se dá nas faixas energéticas das “Ilhas Britânicas”, abrindo um portal de comunicação constante entre todos os planos de consciência, por ressonância.

Cabe recordar que o primeiro e grande eclipse foi em junho de 2002 e o de grande abertura é o de 2011, ou seja, 2-2.

Os antigos chamavam de beijo alquímico ao momento justo em que a lua e o sol se uniam em concordância como arquétipos de equilíbrio na dualidade, ou seja, o equilíbrio absoluto entre os gêneros, o que se realiza no chakra base à medida que cada um resolve o mapa de suas emoções recolocando a energia pai, mãe, ou seja, suas linhagens de constelação familiar e cultural. 

À medida que se recolocam os mapas pessoais de vida abre-se a consciência de vida do chakra base e estabelece-se relação com todos os planos de consciência. Se não for assim, não se produz o que Platão e os demais chamavam de dialogar com os reinos, o reino animal, vegetal, mineral, angélico, etc.. Ou seja, a abertura de consciência de que tudo ao nosso redor é vida.

É por isso que para que se produza um processo de ascensão física o chakra base estará regulado em unidade e em comunicação com os reinos.

O eclipse é a comunhão consciente entre essa unidade: irá nos enviar energia extra que nos permite continuar nos posicionando em nossa verdade:

- quem somos
- o que esperamos da vida
- o que oferecemos ao nosso ambiente
- o que fornecemos ao nosso motor interno – o chakra do coração unificado com o pilar interno, o da base e o da coroa...

Os cabalistas conhecem bem que quando completamos o pilar do meio – ou seja, os chakras que são unitários com o equilíbrio dos chakras duais – é quando tomamos consciência de nosso propósito de vida abrindo-se a Árvore Cósmica, ou seja, a expressão de nosso prana para todos os planos de consciência com um único propósito: SER UM COM A VIDA, COM O COSMOS.

Esta abertura está se produzindo de maneira massiva nestas horas e terá uma vigência de quase um ano e não é somente a nossa pessoal, e sim que entramos na abertura da Árvore Cósmica de Gaia. Foi ela que decidiu se alinhar com o fluxo da Via Láctea e do Universo e somos nós que nos adaptamos à sua nova vibração.

A importância da Árvore Cósmica reside no simbolismo do equilíbrio perfeito entre suas raízes e seus ramos, permitindo em todo momento crescer sem limite, pois, ao crescer, nascem e se expandem novamente suas raízes que a tornará sólida. 

Esse simbolismo ao nível de chakras é a abertura da MER-KA-BA na quarta e quinta dimensão e adiante, cada ser em sua própria dimensão, quando os dois tetraedros que a formam começam a posicionar na forma de dois cones cujo centro é o chakra do coração (recordemos que é aí onde se situa o éter em algumas culturas). 

E é onde as energias entrantes, provenientes do universo e as provenientes de nossas decisões na Terra, darão combustão a cada uma de nossas decisões materializando-as para o bem e para o mal em função do nosso propósito. Ou seja, se nascem do medo ou da confiança.


Temos um ano inteiro para terminar de recolocar tudo isso, ou um instante, será uma escolha pessoal, mas se queremos que a Árvore Cósmica e a de nossa vida deem frutos, devemos selar a comunhão com Gaia. O 2016 É UM GRANDE ASSENTAMENTO NO PRÓPRIO SER.

Não podemos desprezar nosso corpo físico por saudade de outros planos ou somatizaremos, não podemos depreciar os que ainda estão adormecidos, pois depois do alinhamento planetário desse portal eles despertarão em ressonância com Gaia e eles possuem almas tão belas como as outras. Não podemos classificar a consciência, pois é infinita e sempre se expande, e é comum a todos os seres do universo, não há graus, não há consciência maior ou menor, não há memória maior ou menor dela. Então revisem seus parâmetros espirituais e quantificações dos mesmos, pois em um plano esférico não há medidas, há unidade.

Alguns se perguntam o que devem fazer nessas datas: NADA, absolutamente nada, apenas fluam com suas vidas, encham-se de energia, ancorem-se bem, se veem que têm palpitações ou ansiedade, é que estão desenraizados, pratiquem meditações de união com a Terra ou carreguem cristais do chakra base, tomem essências florais ou incensos da terra e deixem que sua transformação se faça de maneira natural sem passar por suas mentes.

É Gaia quem escolhe essas ocasiões, é o universo quem a apoia e vocês são mais um junto com eles.

Desfrutem da energia extra para mudar suas vidas ou assentá-las no que desejam e sabem que já funciona, o resto chegará por ressonância. E demos graças não somente ao beijo alquímico, mas sim a toda a abertura que representa o eclipse que estamos vivendo e as magníficas oportunidade de aprender que se aproximam.

Um beijo, amados,
Mestre Lanto
O caminho de sua vida se abre quando você caminha para o seu coração.

Uma saudação com amor,
Elsa

AUTOR: http://www.ascensiongaia.es/
Tradução: Blog Sintese http://blogsintese.blogspot.com.br

ORAÇÃO DA CURA

Pai celestial, que habitais o meu interior, impregna com a Tua Luz vital cada célula de meu corpo, expulsando todos os males, pois estes não fazem parte de meu ser.

Na minha verdadeira realidade, como filho de Deus perfeito que sou, não existe doença; por isso que se afaste de mim todo o mal, todos os bacilos, micróbios, vírus, bactérias e vermes nocivos, para que a perfeição se expresse no meu corpo, que é templo de Divindade.

Pai teu Divino filho Jesus disse: pedi e recebereis, porque todo aquele que pede recebe, portanto, tenho absoluta certeza de que a minha oração da cura já é a própria cura. Para mim agora, só existe esta verdade: a cura total. Mesmo que a imagem do mal permaneça por algum tempo no meu corpo, só existe em mim agora a imagem mental da cura e a verdade da minha saúde perfeita.

Todas as energias curadoras existentes em mim estão atuando intensamente, como um exército poderoso e irresistível, visando os inimigos, fortalecendo as posições enfraquecidas, reconstruindo as partes demolidas, regenerando todo o meu corpo. Sei que é o poder de Deus agindo em mim e realizando o milagre maravilhoso da cura perfeita.

Esta é a minha verdade mental. Esta portanto é a verdade do meu corpo.

Agradeço-te, óh! pai, porque Tu ouvistes a minha oração.

Dou-te graças, com toda alegria e com todas as forças interiores porque tua vontade de perfeição e saúde aconteceram em mim, em resposta ao meu pedido.
Assim é e assim será.

Dr. Manoel Dantas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!