LEITORES DO BEM DE KARMA!

PARA SUA MEDITAÇÃO!

CURTIR BEM DE KARMA NO FACEBOOK!

FRASES DE MOTIVAÇÃO!

BEM DE KARMA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

O DIÁRIO – PARTE 8

Nós somos Acea - Por Suzanne Lie PhD

~ LISA E BRUCE ~
Após Bruce ler essa mensagem, os dois estavam estranhamente quietos. O desconforto que surgiu entre eles tornou-se muito evidente e ambos sentiam-se pouco à vontade. Eles sabiam que queriam falar sobre seus sentimentos, mas tinham medo de ser o primeiro.

“Acho que minha mãe era muito mais profunda do que eu dava crédito”, Lisa disse mansamente. Bruce respondeu colocando seu braço ao redor de Lisa e dizendo: “Nosso relacionamento esfriou. Creio que precisará mais do que sexo para recuperá-lo”.

Lisa sorriu e colocou sua cabeça no ombro dele. Eles ficaram sentados no sofá em silêncio por um tempo. Então Lisa disse: “Eu gostaria de ler a próxima mensagem.” Bruce silenciosamente passou o Diário para Lisa e a beijou suavemente na testa. Com um sorriso no rosto, Lisa começou a ler.

~ DIÁRIO DE BEVERLY ~
02 de janeiro de 1999
Nós somos ACEA, voltamos para comungar com você novamente.
Você tem sido capaz de ver como o seu mundo tridimensional e pentadimensional estão conectados?

Sinta a alta vibração de sua realidade pentadimensional e puxe essa consciência para seu mundo tridimensional. Bom, agora veja sua sala pentadimensional ao seu redor. Consegue ouvir a cachoeira e os pássaros cantando? Você vê os outros animais que compartilham sua sala com você?

Eles também não precisam comer ou eliminar e, portanto, não lhe causam trabalho ou esforço. Alguns desses animais na sua sala pentadimensional não existem em seu mundo físico. Isso também é verdadeiro para algumas das flores e para as lindas cores que elas emanam.

Enquanto na sua realidade pentadimensional, sinta como seus ombros relaxam e seu coração abre. Sua respiração é lenta e fácil e você pode ouvir a música das esferas. Sinta o amor profundo que ressoa de nosso mundo. Acredite que nosso Amor assistirá você na manifestação de tudo que você deseja.

Agora, leve esta sensação para o seu dia e mantenha-a com você. Esse eu expandido é quem você verdadeiramente é. A sua parte que parece ser limitada, separada ou até temerosa é uma ilusão. Ela não existe.

Nós sabemos que é difícil para você compreender que quem você presentemente vê como seu eu é somente uma ilusão e NÃO seu verdadeiro EU. Portanto, permita-nos explicar como isso é verdadeiro. Veja você – todos vocês nas dimensões inferiores – está aqui conosco na quinta dimensão.

Vocês desceram para o plano físico e ficaram assustados. Foi o medo que fez vocês esquecerem. O medo fez vocês se esquecerem de acreditar que vocês realmente são pentadimensionais, e o medo fez vocês se esquecerem de se amar e amar a razão de vocês virem para a Terra tridimensional.

Todos vocês esperaram e se prepararam por muitas vidas para esta oportunidade de ser capaz de elevar conscientemente sua consciência para a quinta dimensão – com o PLANETA INTEIRO. Que oportunidade!

Mas todos vocês esqueceram. Pior de tudo, o medo os fez quebrar a conexão ao seu verdadeiro eu pentadimensional. Nós do ACEA somos os “salva-vidas” que estamos jogando boias para aqueles que estão se afogando em seu esquecimento. Agarrem essa corda. Mantenham a conexão.

Agora vão para a sua vida diária e MANTENHAM A CONEXÃO.
Em Amor
ACEA

~ LISA E BRUCE ~
Quando Lisa terminou essa mensagem, ela chorava tanto que mal podia enxergar. Ela se voltou para ver que Bruce também estava chorando. Lisa colocou o diário na mesa e caiu nos braços de Bruce que estavam abertos. Juntos eles choraram, então riram porque estavam chorando, aí enxugaram as lágrimas e choraram novamente.

“Uau”, disse Bruce enquanto pegava um lenço na mesinha lateral. “Essa experiência é mais íntima do que sexo.”

Com essa simples sentença Lisa perdoou totalmente Bruce e disse isso a ele.

“Chorar é melhor do que sexo?” Bruce provocou.

“Ei”, ela disse provocativamente, “foi você que disse isso”.

Bruce manteve silêncio por um longo momento e então disse: “Eu não quero perder você”.

Lisa se levantou e puxou Bruce para o quarto. Muito depois eles retornaram ao sofá para ver o comentário de Beverly.

~ DIÁRIO DE BEVERLY ~
Essa mensagem foi para mim. ACEA leu minha mente?
Eu desci SIM para essa frequência para fundir a terceira e a quinta dimensão.
Eu esqueci SIM por que eu vim para cá.
Eu fiquei SIM muito perdida.
Eu permiti SIM minha consciência cair.

Obrigada, ACEA, por me recordar de meu EU pentadimensional.
Beverly.

05 de janeiro de 1999
Nós somos ACEA.
Tudo que você leu sobre sua dimensão e seu quadrante espaço/tempo específico é verdadeiro e muito mais. Veja você, a última subida ao palco está para ser feita e todas as facções maléficas que participaram do experimento tridimensional querem “pegar o que puderem” enquanto pegar ainda é bom.

Em breve, eles somente serão capazes de permanecer no planeta, a menos que eles consigam manter a vibração do Amor Incondicional. Nada de sua tecnologia e sociedade os preparou para esse campo de energia. Aqueles de vocês que procuram se purificar e elevar sua consciência entendem o grau de preparação que sua forma física teve que passar.

Todos vocês sentiram como é difícil funcionar com um coração aberto. Todos vocês experimentaram como é desafiador liberar a armadura que tem blindado seu coração, e a Atma em seu coração, dos perigos do mundo externo. Os muitos avisos de medo são importantes porque uma pessoa iluminada não precisa se esconder em negação. Entretanto, não subestimem o poder do Amor.

Esse poder é maior do que o poder de qualquer arma porque ele permite vocês elevarem sua vibração e também a vibração de todos que vocês amam acima do perigo de QUALQUER força maléfica. Vejam vocês, a quinta dimensão não é um lugar. A quinta dimensão é uma vibração. Qualquer um que não puder manter a vibração pentadimensional retornará para o “lugar” que ressoa à sua vibração pessoal.

E também, qualquer um que faria mal ao outro não está vivendo na vibração do amor, e ele será incapaz de manter qualquer experiência da quinta dimensão. Para manter uma conexão com sua realidade pentadimensional, vocês precisam amar total e completamente TODOS os aspectos do seu eu.

Qualquer área do seu eu que vocês não amem, consciente ou inconscientemente, abaixa sua vibração. Portanto, sua tarefa mais importante é continuar a se lembrar de que VOCÊ é um ser de amor. Então, testem esse amor contra o medo e reúnam toda a informação que vocês sentem que precisam sem medo.

Testem sua capacidade para conhecer a verdade sem ficar com medo. Todos nós realizamos nossa Missão Divina como UM. Agora vocês entendem como a individualidade total pode causar grandes crueldades? Entretanto, o grupo total, ou mente coletiva, pode fazer o mesmo. Como com todos os níveis de realidade, é o “intermediário” ou “ponto de equilíbrio” que é o caminho para o Lar.

Lembrem-se de que o tempo é uma ilusão. Comecem a mudar seu pensamento para o “tempo” pentadimensional do AGORA. Em outras palavras, comecem a permitir seu eu transcender o tempo e viver no AGORA. No AGORA não há pressa porque não há compromisso futuro. Não há fadiga porque não houve esforço passado.

Somente há o AGORA em que vocês estão calmos, em paz e alegres. Tirem um momento no AGORA para sentir calma, sentir paz e sentir alegria. Nesse momento, o tempo não avança e o passado não interfere na sua consciência. Enquanto nesse estado vocês podem clicar para a consciência pentadimensional. Vejam seu mundo pentadimensional ao seu redor e sintam como ele é diferente.

Sintam sua força criativa quando vocês escolhem VIVER a realidade que vocês estão criando AGORA.

~ LISA E BRUCE ~
Neste ponto Lisa ficou muito quieta. Colocou o Diário aberto na mesa em frente a eles e virou para Bruce. “Eu não sinto como criando qualquer realidade minha. Ao contrário, sinto como que tenho deixado a realidade me criar. Tenho me sentido tão sozinha e solitária. Bruce, o que aconteceu conosco? Nós não costumávamos ser felizes?”

Bruce tentou olhar nos olhos de Lisa, mas não pôde. Então olhou para o chão e disse: “Eu sei que você não tem sido feliz, mas eu não pude descobrir o que fazer por você. Você tem estado tão distante, como se você não me amasse mais”.

“Ah, Bruce, eu amo você. É o meu eu que eu não amo. Eu percebo que culpei tanto minha mãe e pensava que ela não se importava comigo. Mas, eu tenho tratado nossos filhos do mesmo modo que minha mãe me tratava. Ela sempre estava distraída, como se eu não fosse suficiente para ela. Creio que fiz a mesma coisa com nossos filhos e com você. É por isso que você tem estado com a Carol?”

Bruce ficou em silêncio por um longo tempo. Finalmente ele disse: “Acho que se vamos criar nossa ‘terra pentadimensional’, seja lá o que isso significa, temos que começar sendo honestos. Eu juro que só estive com ela uma vez, e fui eu que parei”.

Lisa ficou em silêncio. Ela ficou surpresa por nem estar zangada. Na verdade, ela se sentiu praticamente aliviada por finalmente ter percebido algo corretamente. Por que ela não estava zangada ou chorando?

“Por que você não está zangada ou chorando?” perguntou Bruce.

Lisa sorriu e disse: “Eu estava pensando a mesma coisa. Creio que talvez porque finalmente descobri uma coisa, que estou praticamente aliviada. E também, se estivéssemos tão perto como estivemos esses últimos dias, não creio que você teria estado com Carol”.

“Não”, disse Bruce. “Isso não é desculpa. Eu estar infeliz não é razão para ser infiel. Estava sendo covarde. Ao invés de confrontar você, eu assumi o modo covarde de pensar que você não me amava. Pior ainda, eu agi como seu eu não amasse você. Mas eu amo você. EU AMO!” ele disse e agarrou Lisa e a manteve bem perto dele. Os dois começaram a chorar, então isso os fez rir. Simultaneamente, seus olhos se dirigiram para a próxima sentença no livro.

~ DIÁRIO DE BEVERLY ~
CALMA ~ PAZ ~ ALEGRIA ~ AMOR.
Sintam o poder dessas palavras e incorporem-nas em sua consciência.


Calma – Vejam um lago perfeitamente calmo perante vocês com o sol surgindo por trás dele. Esse lago é a visão da Calma que vocês podem sentir.


Paz – parece um amanhecer na floresta com um prado cheio de flores brilhando através das árvores. Essa é a paz que vocês podem sentir.


Alegria – é a sensação de sua criança interior rindo com as muitas novas descobertas da vida. Essa criança está correndo por um lindo campo com um pequeno animal que a segue e os pássaros mostrando o caminho. Essa é a alegria que vocês podem sentir.


Amor – parece um cobertor quentinho que o está envolvendo enquanto você está nos braços de um ser amado. Este é o Amor que vocês podem sentir.


VOCÊS são a realidade que vocês criam!


Até logo por enquanto. Nós retornaremos quando nos chamar.
ACEA


~ LISA E BRUCE ~
“Acha que conseguimos fazer esse trabalho?” perguntou Lisa.


“Se podemos criar uma nova realidade, talvez possamos criar um casamento feliz”, respondeu Bruce.


No dia seguinte Lisa acordou enquanto ainda estava escuro e saiu da cama silenciosamente. Algo a estava incomodando, e ela não podia imaginar o que era. Ela sabia que esta questão não era sobre Bruce. Era sobre ela. Agora que o segredo sobre Bruce foi exposto, desculpa pedida e perdão dado, por que ela ainda estava tão zangada?


Agora que ela podia ver a “mãe real” que ela sempre quis conhecer, por que ela estava tão zangada? Então ela pensou em seus filhos. Visto que ela tinha perdoado sua mãe, ela acordou percebendo que ela mesma estava sendo uma mãe muito ruim. Ela abandonou as crianças muito mais do que sua mãe a abandonara.


Ela tinha que ver as crianças! Ela tinha que ir para casa e ver seus filhos. Nada mais de passar suas obrigações para seu marido ou a mãe de seu marido. Ela tinha que ser a mãe – AGORA – hoje. Ela tinha que ir para casa e ver as crianças, mas e a sua mãe? E se ela viesse para casa e não tivesse ninguém lá?


Talvez Bruce pudesse ficar aqui no fim de semana, então ela poderia voltar quando a mãe dele pudesse estar com as crianças. De repente ela percebeu que o fato era que ela queria ver as crianças sozinha. Ela precisavaestar sozinha com seus filhos. Ela precisava abraçá-los, beijá-los e amá-los de um modo que não fazia há muito tempo.


“Precisamos voltar hoje, minha mãe precisa ir embora amanhã”, disse Bruce calmamente atrás dela. Quando ele viu a expressão no rosto de Lisa ele disse: “O que há? Você está bem?”


Então começaram as lágrimas e Lisa não podia contê-las. Ela queria que Bruce soubesse que não se tratava dele, então ela se levantou, foi até ele, pôs seus braços envolta dele e soluçou no peito dele. Bruce ficou totalmente parado e a abraçou enquanto ela chorava.


“Trata-se das crianças, não é?” sussurrou Bruce.


Lisa se afastou e olhou no rosto de Bruce: “Você é uma semente estelar. Como você sabia disso?”


“Agora que minha culpa se foi, eu não preciso mais pensar que você está aborrecida somente comigo. E também, tenho certeza de que é difícil para você culpar sua mãe por mais tempo após ela ter sido tão honesta e ficar tão vulnerável com você.”


“Certo”, sorriu Lisa. “Acho que eu gostava mais de você quando era apenas um humano.”


“Falando sério”, disse Bruce não permitindo Lisa se afastar dele NOVAMENTE, “por que você está chorando?”


Lisa levou um momento para se recompor, pois ela não tinha certeza da resposta, isto é, da resposta completa. Ele foi tão honesto com ela que ele merecia a verdade.


“O principal é sobre as crianças”, começou Lisa, “mas eu passei a maior parte da minha vida julgando minha mãe, e agora eu abandonei completamente meus próprios filhos. Eu sei que isso não é tudo que está me incomodando, mas eu não creio que consigo captar o resto até eu compensar com os meus filhos. Eu preciso voltar e vê-los”.


“Ótimo”, disse Bruce. “Vamos.”


“Não, Bruce, eu preciso vê-las sozinha. Eu também preciso que você fique aqui caso mamãe venha para casa. Você pode me contatar pelo Skype e me ler as próximas partes do diário quando as crianças estão na cama. Sei que isso parece maluquice, mas eu preciso de quatro horas dirigindo sozinha para pensar. Eu as levarei para a escola na segunda e esperarei até sua mãe chegar.”


“Você percebeu que você acaba de me deixar totalmente de fora – de novo? O que eu fiz com Carol não foi certo, mas eu estava muito solitário. Você nunca estava ‘comigo’, mas apenas perto de mim.”


“Sim, agora eu entendo isso, e eu não estou zangada com você pelo que aconteceu. Mas eu preciso passar um tempo sozinha com as crianças, e eu não posso abandonar minha mãe. Eu preciso que você esteja aqui caso ela volte. Ela ficará tão feliz por eu estar com as crianças e você estar aqui. Você sabe o quanto ela sempre amou você.”


“Sim, eu sei. Eu também sei que isso a deixava com ciúmes”, resmungou Bruce.


“Sim, sim”, disse Lisa, “é hora de eu fazer uma grande observação de mim. Eu preciso de sua ajuda. Sua mãe voltará na segunda e eu voltarei para você. Por favor, deixe-me fazer isso.”


“Você entrará no Skype e lerá o diário comigo? Eu posso ler e você pode ouvir. Então eu também posso dizer boa noite para as crianças.”


“Sim”, disse Lisa tentando suprimir seu ciúme. “Essa é uma boa ideia. Iremos caminhando até o restaurante como os amantes que nos tornamos e então eu partirei. Certo?”


“E se eu trapacear e avançar no diário?” Bruce provocou.


Lisa deu um beijo carinhoso e suave em Bruce e foi tomar um banho.


Bruce ficou onde ele estava pelo que parecia ser um longo tempo. Alguma coisa estava acontecendo com ele. O Diário que tanto mudou Lisa também o mudara. A realidade era que ele realmente queria ficar sozinho também. Quem era essa nova pessoa que ele sentia dentro de si? Quando ele voltou para o quarto para se vestir, ele viu o que parecia com uma página do diário.


Lisa pusera essa página na cama, com uma nota dizendo: “Podemos conversar sobre isso no restaurante”. Ele viu que a página tinha sido dobrada, como se Lisa não quisesse que ele a visse. Quando ele leu a nota, ele soube por quê. Ele também soube que tinha obtido a confiança dela, mas ele não tinha certeza de que ele realmente a merecia.


Quando Lisa saiu do banheiro envolta no roupão que guardou a nota todo o tempo, Bruce disse: “agora eu posso largar o emprego que eu odeio tanto?”


Lisa correu para ele e colocou seus braços ao redor do pescoço dele. “Eu sinto muito ter escondido isso de você. Você pode me perdoar?”


“Sempre!” sussurrou Bruce.


Mais tarde enquanto caminhavam para o restaurante Lisa disse: “Eu ignorava você. Mas eu também estava me ignorando”.


“Eu também”, Bruce falou baixo balançando a cabeça.


Lisa levantou antes do amanhecer, vestiu suas roupas, beijou Bruce na testa e partiu para casa. Bruce agiu como se estivesse meio adormecido, mas ele estava acordado há horas. Ele sentia como que havia algo no Diário que ele precisava ler para ajudá-lo a se orientar.


Ele não podia esperar até de noite e ele poderia ler novamente com Lisa. Ele colocou um calção e uma camiseta, pegou café instantâneo e agarrou o Diário. Quando foi para o artigo seguinte ele descobriu outra mensagem de ACEA.


~ DIÁRIO DE BEVERLY ~
27 de janeiro de 1999
Nós somos ACEA, aqui para lhes falar mais sobre as forças que os opõem. Essas forças são aqueles que os fazem parecer “ruins” se vocês forem incapazes de manter seu compromisso com as antigas estruturas da vida física do mundo. Não se esqueçam de que há outro compromisso que todos vocês juraram manter. Esse compromisso é aquele que vocês fizeram com seu Eu Superior antes de entrar em sua forma física.


Vocês fizeram a promessa de que não se esqueceriam de quem vocês verdadeiramente são. Vocês prometeram que iriam se lembrar de seu verdadeiro eu multidimensional enquanto ainda estivessem usando seu corpo tridimensional. De fato, este foi um compromisso enorme e todas as responsabilidades de sua vida tridimensional normalmente pareciam estar no caminho da realização de sua promessa prévia.


Agora você está mantendo sua primeira promessa de se lembrar de seu verdadeiro Eu. Entretanto, ao fazê-lo, você está com problema para reorganizar sua vida para que suas responsabilidades físicas possam ser cuidadas sem estarem no caminho de seu primeiro compromisso. Pode parecer que há forças além do seu controle impedindo você de obter clareza suficiente para avançar.


Entretanto, assim que você mantiver seu primeiro compromisso que é lembrar que você é um ser multidimensional que veio para a terceira dimensão para aprender e servir você automaticamente assumirá mais responsabilidade pela vida que você está criando.


De sua consciência tridimensional, é difícil assumir a responsabilidade de TUDO da vida que você tem criado porque há pouca validação em sua vida externa de que você realmente é multidimensional. Consequentemente é mais fácil acreditar que você é “apenas tridimensional”.


Nós lhe dizemos AGORA que você precisa aprender a confiar totalmente em sua própria orientação interior quando ela a recorda que você é multidimensional. Nós percebemos que o que pedimos é difícil, pois nós percebemos que seu mundo ensinou a “se encaixar” ao invés de “buscar a verdade”. É uma tarefa árdua se interiorizar para encontrar seu EU em um mundo onde os habitantes são treinados para seguir outros.


Entretanto, quando você começa seu processo por acreditar que você É um ser multidimensional e que ESTÁ criando sua vida, fica mais fácil liberar seu medo. Se você acreditar que alguém ou alguma coisa tem criado sua vida e você precisa segui-“lo” fica praticamente impossível liberar seu medo.


Nós sabemos que se você acreditar que é a vítima de outros, você não se sentirá no controle de sua própria vida. Essa é uma situação MUITO assustadora. O segredo é liberar o julgamento. Liberar o julgamento dos outros e liberar o julgamento de si mesma. Se você considerar que o problema é sua “falha”, você também sentirá culpa e vergonha.


Se, ao contrário, você assumir a responsabilidade pela situação, você se sentirá empoderada. Além disso, assim que você não mais se julgar você não precisará mais julgar os outros. Assim que você acredita que está criando sua vida, então, de acordo com a primeira regra da manifestação, você ESTÁ criando sua própria vida!


Você e sua Alma estão escolhendo seus problemas para criar situações que permitirão seus medos escondidos serem trazidos para a superfície de sua consciência e liberados. O medo precisa ser eliminado de sua consciência para você manter seu Primeiro Compromisso.


Quando cada um de vocês puder se lembrar de que é um ser multidimensional que está visitando a terceira dimensão para completar seu destino, vocês poderão enfrentar cada situação sem cair nas garras do medo. Livre do medo, vocês serão capazes de liberar cada “problema” e passar para a próxima fase de sua iniciação.


Sim, há muitas fases, mas vocês aprenderão a enfrentar cada estágio de seu processo no AGORA sempre presente. Sim, verdadeiramente há forças externas que desejam interferir em seu processo. Nós sabemos que a maioria de vocês não está ciente de seu poder e não pode entender como poderia ser uma ameaça para o outro. Mas, a verdade é que vocês são.


Agora vocês não são uma ameaça, mas em sua realidade futura podem ser. Vocês constituem os grupos iniciais que introduziram o conceito de consciência multidimensional. Este conceito libertará grandemente as massas dos grilhões de seu esquecimento.


Vocês estabeleceram uma conexão consciente com seu eu dimensionalmente superior e com outros seres que habitam as dimensões superiores. Assim que a maioria da humanidade puder fazer isso, eles verão o mundo como vocês veem. Então as forças que agora estão no poder não terão influência sobre as massas. Qual o bem de governar quando não há ninguém para ser governado?


Em Amor Incondicional
ACEA


~ LISA E BRUCE ~
Bruce não podia acreditar no que ele acabara de ler. Apesar de a mensagem ser de 27 de janeiro de 1999, ela era exatamente o que Bruce precisava ouvir. Ele havia agido como se desistir de seu emprego fosse uma brincadeira, mas a verdade é que seu trabalho maçante o estava enlouquecendo.


Ele se perguntou se deveria deixar isso quieto, ou deveria dizer a Lisa que o tédio de seu emprego foi a principal razão de sua traição. NÃO, ele decidiu, ela estava bem com isso agora, então era melhor deixar pra lá. Mas ele teve que admitir para si mesmo que se não tinha mais desafios em sua vida profissional, ele procuraria um na cama de uma mulher. Com toda certeza ele não devia dizer isso para Lisa. Mas ela disse para deixar o emprego que ele odiava.


“Chega de pensar” disse Bruce para si mesmo. “Eu preciso dar uma corrida. Esta realmente é uma vizinhança muito boa e esta área parece que pode oferecer oportunidades melhores. Vou pegar dinheiro para o café e um jornal depois da corrida para ver como é o mercado de trabalho aqui.”


Nessa noite ele deu boa noite às crianças via Skype. Lisa colocou-as na cama e trouxe o computador até elas para que Bruce pudesse dar boa noite a cada uma delas. Então ela levou o computador para o escritório para poder falar com ele a sós.


Lisa tinha muito para contar sobre sua viagem e seu dia com as crianças, e Bruce disse à Lisa que ele tinha arrumado um jornal local para verificar o trabalho naquela área. Eles riram, conversaram e fizeram planos como os melhores amigos que finalmente se tornaram.


Após Bruce ler para Lisa a parte que ele lera sozinho e eles rirem de como o artigo tinha razão, eles perceberam que realmente sentiam falta de dormir juntos.


“Não se trata nem de sexo, se trata da intimidade. Quero dizer, sim, o sexo é maravilhoso, mas estou surpreso por perceber o quanto eu amo ser seu amigo”, admitiu Bruce.


Lisa riu, e chorou, e disse a ele o quanto ela concordava. Finalmente eles jogaram beijos um para o outro, desligaram o computador e foram para suas camas separadas. Na manhã seguinte os dois acordaram sozinhos, mas com a mesma lembrança de estar em um avião imenso. Na verdade, era grande demais para um avião. Era uma Nave?


No fim da tarde de segunda, quando Lisa finalmente voltou, eles conversaram, riram e saíram para um encontro real. “Não é romântico?” disse Lisa ao beijá-lo antes de entrarem num restaurante elegante. Eles ignoraram o Diário novamente nessa noite. Eles estavam começando a descobrir sua própria vida, e estavam menos interessados na mãe de Lisa.


Naquela noite eles sonharam novamente com estar em um avião/nave. Só que este sonho incluiu Beverly ou era alguém que parecia com Beverly. Na manhã seguinte eles decidiram voltar ao Diário em busca de mais respostas. Eles abriram o Diário na página seguinte, que começou com outra mensagem de Beverly.






AUTOR: http://suzanneliephd.blogspot.com



Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O Bem de Karma descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

ORAÇÃO DA CURA

Pai celestial, que habitais o meu interior, impregna com a Tua Luz vital cada célula de meu corpo, expulsando todos os males, pois estes não fazem parte de meu ser.

Na minha verdadeira realidade, como filho de Deus perfeito que sou, não existe doença; por isso que se afaste de mim todo o mal, todos os bacilos, micróbios, vírus, bactérias e vermes nocivos, para que a perfeição se expresse no meu corpo, que é templo de Divindade.

Pai teu Divino filho Jesus disse: pedi e recebereis, porque todo aquele que pede recebe, portanto, tenho absoluta certeza de que a minha oração da cura já é a própria cura. Para mim agora, só existe esta verdade: a cura total. Mesmo que a imagem do mal permaneça por algum tempo no meu corpo, só existe em mim agora a imagem mental da cura e a verdade da minha saúde perfeita.

Todas as energias curadoras existentes em mim estão atuando intensamente, como um exército poderoso e irresistível, visando os inimigos, fortalecendo as posições enfraquecidas, reconstruindo as partes demolidas, regenerando todo o meu corpo. Sei que é o poder de Deus agindo em mim e realizando o milagre maravilhoso da cura perfeita.

Esta é a minha verdade mental. Esta portanto é a verdade do meu corpo.

Agradeço-te, óh! pai, porque Tu ouvistes a minha oração.

Dou-te graças, com toda alegria e com todas as forças interiores porque tua vontade de perfeição e saúde aconteceram em mim, em resposta ao meu pedido.
Assim é e assim será.

Dr. Manoel Dantas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!